Compartilhe

Do dia para noite, um numero ainda indefinido de grupos do Facebook desapareceu. Ou foram fechados, ou voltaram com status “secreto”. A última opção é algo que os administradores podem adotar, e faz com que o grupo não apareça nos resultados de busca. Na prática, limita a participação aos usuários que já são membros do grupo.

 

 

O que realmente aconteceu?

 

Podemos estar diante de um dos exemplos mais flagrantes de abuso do sistema de controle de privacidade do Facebook em todos os tempos. Tudo começou com o fechamento do grupo Crossovers Nobody Asked For, especializado em compartilhar memes e com meio milhão de membros. Ainda que o Facebook não tenha se pronunciado oficialmente sobre o assunto, as investigações iniciadas pela comunidade em breve encontraram o seu primeiro suspeito: o IReC, ou Indonesian Reporting Comission.

A organização é um grupo do Facebook especializado em denunciar o conteúdo de outros grupos, especialmente relacionados com o discurso de ódio. Os membros usam o grupo para realizar denúncias em massa, e assim chamar a atenção dos moderadores do Facebook. A medida é feita para que a rede social tome uma media quando muitas pessoas reclamam de alguma coisa.

 

 

Ainda que não é certo um envolvimento do IReC, o Facebook confirmou que um usuário “se infiltrou” no grupo Crossovers Nobody Asked For e, uma vez dentro dele, começou a publicar conteúdos ilegais ou contra as regras do Facebook. E essa foi a ‘desculpa’ para o grupo ser denunciado em massa, e para o fechamento do mesmo. E esse não foi o único grupo: por enquanto, não sabemos quantos grupos foram afetados, mas o Facebook insinua que foram vários.

 

 

Fechar grupos no Facebook é algo bem fácil

 

Isso mostra como é fácil fechar um grupo no Facebook: basta publicar conteúdos no grupo e denunciar o próprio grupo e esse conteúdo. Certo ou não, isso gerou paranoia entre os proprietários dos grupos. Para evitar que o mesmo se repita em grupos similares, ou os mesmos fecham as portas ou ficam ocultos para evitar a entrada de sabotadores.

Tantos grupos estão voltando com status de secretos, que o Facebook se deu conta disso e realizou uma investigação interna, onde descobriram que, na prática, sabotadores publicaram conteúdos em grupos legítimos com o objetivo de fechar tais grupos. Depois da investigação, a rede social decidiu restaurar os grupos afetados, mas não foi informado quando os mesmos voltarão a ficar disponíveis.

 

Via The Verge


Compartilhe