monitores 4K 1 - Por que existe uma perda de qualidade de imagem nos monitores 4K a 144 Hz?

Os monitores 4K com taxa de atualização de 144 Hz foram bem recebidos no mercado gaming, principalmente para aqueles que contam com grana para investir nesse tipo de solução.

Porém, os primeiros testes realizados com esse tipo de monitores confirmam que existe uma perda notável de qualidade de imagem, e que isso não acontece quando se utiliza o monitor na configuração de 120 Hz.

E a explicação para isso acontecer é bem simples.

A culpa é do conector DispayPort 1.4 que utilizam esses monitores. Sua largura de banda é de 26 Gbps, e é o suficiente para uma boa experiência 4K a 120 Hz, mas não é o suficiente para o 4K a 144 Hz.

 

monitores 4K 2 - Por que existe uma perda de qualidade de imagem nos monitores 4K a 144 Hz?

 

Para tudo funcionar do jeito que está, os fabricantes adotam a “mágica” (sic) da chroma subsampling, ou seja, exibir uma porção da imagem em escala de cinza na sua resolução total (3840 x 2160 pixels), mas reduzindo a proporção de cores pela metade da resolução horizontal, ou seja, 1920 x 2160 pixels. Assim, fica reduzido o consumo de largura de banda utilizando o que é conhecido como o modo 4:2:2, superando a limitação que oferece o conector DisplayPort 1.4.

O mundo do cinema já trabalha com essa estratégia, entregando bons resultados. Mas no mundo da informática, a perda de qualidade é notável e evidente, tanto na interface do sistema operacional como na leitura de textos. Seu impacto pode ser menor nos jogos, mas a redução de qualidade existe, e não dá para dizer que se trata de um 4K real.

 

monitores 4K 3 - Por que existe uma perda de qualidade de imagem nos monitores 4K a 144 Hz?

 

As imagens desse post ajudam a entender melhor o chroma subsampling, e conferir os efeitos que se produz em diferentes versões.

O conector HDM 2.1 é a única solução real que evita as técnicas de compressão ou redução da qualidade de imagem por conta da largura de banda. Logo, leve isso em consideração antes de escolher o seu monitor 4K.

 

Via TechPowerUp!