TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que desligar o smartphone resolve muitos problemas | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Por que desligar o smartphone resolve muitos problemas

Por que desligar o smartphone resolve muitos problemas

Compartilhe

A verdade é uma só: no momento em que o seu smartphone fica instável ou não funciona, a melhor e mais eficiente solução para resolver os problemas pendentes (na maioria dos casos) é reiniciar ou desligar por completo o dispositivo.

Muitas pessoas ficam insistindo em usar um smartphone problemático e não se dão conta que um simples procedimento do “começar tudo de novo” pode resolver uma porcentagem altíssima de incidentes e anormalidades nos dispositivos.

E para reeducar as pessoas sobre determinados costumes e procedimentos nos smartphones, vamos explicar neste artigo porque determinados problemas e falhas no telefone podem ser resolvidos com uma reinicialização ou com um simples ato de desligar o dispositivo.

 

O que é reiniciar ou desligar um smartphone?

São procedimentos similares, mas com resultados práticos diferentes.

Quando você reinicia o smartphone, ele não desliga por completo. Ele chega a um ponto onde ele não fica nem desligado, nem ligado, o que permite uma inicialização mais rápida ao ponto de uso.

Na reinicialização, alguns elementos e componentes do dispositivo ficam ligados, agilizando o processo.

Quando desligamos um smartphone, o sistema operacional para por completo, e todos os seus componentes foram desligados.

Para resolver os problemas pendentes, o resultado prático das duas ações pode ser o mesmo. Porém, em pequenas situações, uma falha específica no sistema pode obrigar a adotar o desligamento por completo do dispositivo, pois a reinicialização não será o suficiente para interromper o recurso problemático.

É importante entender melhor as diferenças entre um procedimento e outro para saber o que fazer nos momentos em que o seu telefone apresenta problemas pontuais.

 

O que acontece quando você desliga o smartphone?

Quando você desliga um smartphone Android ou iPhone, todos os seus componentes deixam de funcionar. E isso é algo que todo mundo sabe.

O grande segredo em desligar o telefone é que esse procedimento reinicia a memória RAM de forma efetiva. Esse é o tipo de memória que armazena todos os dados de curto prazo, e pode ser a responsável por reter arquivos que podem entrar em conflito com outros apps ou recursos do telefone.

Os dados armazenados na RAM são utilizados para realizar diferentes tipos de tarefas em qualquer aplicativo, salvando dados específicos para aumentar a velocidade de abertura e funcionamento desse software.

 

Por que desligar o telefone soluciona os problemas

Porque muitos dos problemas existentes nos smartphones de hoje aparecem por causa da RAM e de suas diferentes falhas. Dados corrompidos ou não compatíveis podem ser armazenados e entrar em conflito com outros softwares.

Logo, quando desligamos o telefone por completo e ligamos novamente, a RAM fica completamente limpa, eliminando os arquivos temporários ou residuais que comprometem o bom funcionamento do dispositivo.

Outro motivo para desligar o reiniciar o smartphone para resolver os problemas está nos erros que alguns aplicativos podem gerar por apresentar problemas na hora de sua execução.

Apps podem gerar falhas na abertura ou funcionamento de recursos específicos, e desligar o telefone por completo elimina as falhas temporárias.

Por fim, o sistema operacional pode ficar corrompido após uma atualização, seja porque não instalou todos os novos arquivos corretamente, seja porque entrou em conflito com arquivos previamente instalados no telefone.

Nestes casos, reiniciar o smartphone pode resolver os problemas mais simples. Em casos mais complexos, pode ser necessário reinstalar o software problemático ou a versão do sistema operacional como um todo.

Obviamente, se você iniciar um aplicativo e o smartphone fica travado, desligar ou reiniciar o dispositivo é a solução mais viável, aconselhável e até obrigatória para resolver o problema (além de desinstalar o aplicativo problemático).

E esses são os argumentos para não ter medo ou preguiça de realizar um procedimento tão simples e viável. É para o seu próprio bem (e para o bem do seu dispositivo).


Compartilhe