Por que a Netflix cancela tantas séries após duas temporadas?

Compartilhe

Com certeza você ficou indignado com a Netflix por cancelar alguma série que você gosta de forma tão precoce. Pelo menos uma vez isso aconteceu com você. E pode até ser que você não se importe mais com isso, mas muitas pessoas ainda ficam irritadas com esse comportamento meramente comercial.

E, por mais que você ainda tenha a oportunidade de ver algumas dessas séries em algum canal disponível nos principais serviços de TV por assinatura do Brasil (SKY TV, Vivo TV, Claro net, Oi TV, etc), saber que aquela série não vai mais voltar depois de duas ou três temporadas deixa um vazio enorme.

Por isso, vamos explicar nesse post por que a Netflix decide cancelar séries que, em alguns casos, são ótimas, com poucas temporadas no ar.

E a explicação nem é tão complexa assim.

 

 

 

Business, mano!

 

 

“Não é nada pessoal, é tudo financeiro”.

É claro que a decisão por um cancelamento de uma série na Netflix acontece por causa do dinheiro. Isso, e o número de pessoas que assistem a uma determinada série, obviamente. E estamos falando de um serviço de streaming que tem que gerar lucro, e não ser o nosso amigo para entregar séries de qualidade sem cobrar nada em troca (até porque ela cobra uma mensalidade).

Na média, uma série original na Netflix tem apenas duas temporadas para se popularizar ao máximo. Caso contrário, será cancelada sem dó. E se você não percebeu isso, é só olhar para o exemplo mais recente de cancelamento precoce na plataforma: Altered Carbon. Ela entra na mesma lista de Sense8, The OA e Luke Cage.

A mecânica da Netflix é diferente daquela estabelecida por um canal de TV tradicional. A audiência não é o único fator para determinar um cancelamento de uma série. A sua relação custo-benefício (e, nesse caso, o custo para produzir uma temporada em proporção à quantidade de espectadores da série) também é diferente, o que torna as decisões mais comerciais em menos emocionais ou baseadas no clamor dos fãs.

Vamos simplificar a explicação do parágrafo anterior: a Netflix só renova uma série para uma terceira temporada se a grande maioria dos assinantes assistem a temporada atual disponível POR COMPLETO em um prazo máximo de 28 dias. E diante do oceano de conteúdo disponível na plataforma de streaming, esta é uma tarefa extremamente difícil.

 

 

 

Os critérios da Netflix para manter uma série no ar

 

 

Outras três métricas são consideradas pela Netflix para cancelar ou renovar uma série. Dois pontos de dados são analisados dentro dos primeiros 7 dias e dos primeiros 28 dias de disponibilidade de um conteúdo:

1) o comportamento dos Starters, ou dos usuários que só assistem um episódio de uma série;

2) o comportamento dos Maratonistas, ou assinantes que terminam uma temporada.

A métrica final fica por conta dos Watchers, ou o número total de assinantes que assistem a um determinado conteúdo.

A Netflix paga antecipadamente para ter uma temporada de uma série ou programa original, assim como um filme original. Por isso, ela precisa ter certeza se aquele conteúdo vai ser sucesso. Caso contrário, perde dinheiro. Além disso, a plataforma tem um modelo de custo adicional, pagando mais conforme vai aprovando novas temporadas. Logo, uma terceira temporada de uma série é muito mais cara do que lançar uma nova produção original e tentar mais uma vez fazer um novo programa emplacar no serviço.

E é por isso que a Netflix cancela tantas séries originais na segunda temporada, cujo comportamento dos assinantes é observado com muita atenção. Uma vez que a empresa compreende que não vai conseguir recuperar o investimento feito e não tem certeza se a terceira temporada vai ter um retorno com benefícios claros, não há motivos para renovar a série.

 

 

 

Faça campanha para a segunda temporada bombar!

 

Ou seja, se você quer que aquela série que te empolgou na primeira temporada tenha vida longa na Netflix, faça o que for possível para que a audiência da segunda temporada seja algo realmente impressionante para os seus executivos. E não adianta ter uma base estável de fãs nesse caso: é preciso que a grande maioria dos assinantes do serviço se convença que aquela série merece ter a segunda temporada assistida por completo.

E essa é uma missão extremamente complexa, considerando o formato da Netflix.

 

https://youtu.be/_MzbLQBeR9Y

 

 

Via Wired


Compartilhe