Por que a MIUI é tão problemática? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Por que a MIUI é tão problemática? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Por que a MIUI é tão problemática?

Por que a MIUI é tão problemática?

Compartilhe

Por pelo menos dois anos, fui um usuário dos smartphones da marca Poco, e quase não tinha do que reclamar. Os dispositivos eram muito bons por tudo o que ofereciam e pelo preço cobrado. Porém, um item sempre deixou a desejar: a interface MIUI.

É quase inacreditável que, depois de tanto tempo, a Xiaomi ainda deixa a sua interface de usuário tão defasada e cheia de problemas. Por isso, vamos dedicar este post para entender as causas para a MIUI, que é utilizada por muita gente, ser tão problemática.

 

 

 

Muitas falhas e soluções tardias

 

A Xiaomi está trabalhando para melhorar o seu software, mas não está obtendo sucesso na tentativa. A MIUI tem falhas e problemas demais, e seus usuários já estão cientes que não vale a pena comprar um dispositivo da marca tão logo eles chegam ao mercado por causa das anormalidades.

O bom senso pede que você espere alguns meses antes de comprar um telefone da Xiaomi, justamente para tentar evitar se deparar com os diversos problemas de firmware que os dispositivos carregam, esperando que a empresa lance as atualizações que vão corrigir esses problemas.

E, ainda assim, tal estratégia não significa que temos uma garantia que tudo será corrigido.

Inconsistências como falhas de visualização no modo escuro, exibição involuntária de tela preta na reprodução de vídeos, falhas ao exibir elementos e ícones no Always On Display, congelamento durante os jogos, falhas de animação na tela de bloqueio, telas que ficam piscando após o desbloqueio e notificações persistentes são apenas alguns dos inúmeros problemas que a MIUI apresenta de tempos em tempos para os proprietários dos telefones da Xiaomi.

 

 

 

Falta um pouco de cuidado com a MIUI

 

O que torna tudo mais grave e até curioso é que a Xiaomi sabe que a MIUI é problemática, e que boa parte desses problemas apareceram justamente na MIUI 12. Ao mesmo tempo, tais falhas nunca foram remediadas de forma adequada, pois a impressão que fica é que a empresa não dedica recursos suficientes para melhorar o seu software.

Recentemente, a Xiaomi em comunicado pede aos usuários um pouco de paciência (como se eles já não tivessem muita paciência para conviver com tantos problemas) e apoio para o desenvolvimento de um sistema operacional “perfeito”, mesmo que alcançar a perfeição seja algo considerado impossível.

O grande problema aqui está justamente no principal elogio que muitos poderiam fazer para a Xiaomi como um todo neste momento: o seu crescimento.

A Xiaomi está crescendo muito, e a própria empresa reconhece que esse crescimento tem como consequência estabelecer um suporte maior e mais sólido para entregar atualizações que esteja alinhada com a sua base de usuários ao redor do mundo, principalmente nos aspectos de recursos e testes locais, suporte ao cliente local e canais de retroalimentação.

De fato, este é um desafio para a Xiaomi, que não possui suporte em vários países do mundo, uma vez que seu modelo de negócio inicial ficou baseado na internet por muito tempo, e só agora as lojas físicas estão se instalando nos seus principais mercados.

Todos esses fatores ajudam a explicar por que a MIUI 12.5 entrega mais problemas do que soluções. A MIUI 13 pode ser um divisor de águas neste aspecto: ou resolve os problemas ou pode marcar o início de uma crise global junto aos usuários.


Compartilhe