Início » Notícias » Por que a Apple vai atualizar o iPhone 4S em pleno 2019?

Por que a Apple vai atualizar o iPhone 4S em pleno 2019?

Compartilhe

A Apple sempre faz o possível para que a maioria dos seus usuários contem com dispositivos devidamente atualizados com a última versão do iOS. Mas até para quem tem um iPhone 4S, lançado em 2011 e abandonado em setembro de 2016, é possível receber atualizações. E nesse caso, é recomendada a atualização para não perder um dos seus recursos mais importantes.

O lançamento do iOS 9.3.6 pode parecer algo surpreendente para os mais desavisados, mas é algo necessário. O update é válido para o iPhone 4S, o iPad Mini original e a segunda geração do iPad. Todos estão obsoletos, mas ainda muito utilizados por muita gente. Além disso, também está disponível o iOS 10.3.4 para o iPhone 5 e o iPad de quarta geração.

 

 

Por que o iPhone 4S vai ser atualizado em 2019?

 

O motivo para a repentina atualização? Em 3 de novembro de 2019, o GPS de alguns modelos do iPhone e iPad podem deixar de funcionar de forma precisa, e isso pode fazer com que muitas funcionalidades e aplicativos falhem de forma progressiva.

A falha acontece por causa do chamado “efeito 2000” do GPS, por conta da maneira em que os dispositivos armazenam a data, uma vez que ele só é capaz de contar o tempo de forma precisa por 1.023 semanas, ou 20 anos. Sem esta atualização, o GPS pode achar que voltou ao passado, e o cálculo da posição pode falhar.

A atualização evita o problema para os dispositivos lançados pela Apple em 2012 ou antes. Para fazer o download do update, basta repetir o mesmo procedimento que é adotado em qualquer outra atualização: vá em Ajustes > Geral > Atualização de Software.

 

 

Por isso o iPhone não perde tanto valor

 

Mesmo sendo uma atualização menor, ela permite que os iPhones antigos continuem a funcionar sem maiores problemas. E esse é o ás da manga que a Apple guarda, e o motivo pelo qual os seus dispositivos não se desvalorizam tanto.

Bem sabemos que o mercado de segunda mão dos iPhones é bem mais rentável que vários telefones Android recém lançados. O Google ainda não é capaz de dizer que mantém vivo um telefone lançado há sete anos. Já a Apple pode encher a boca para falar isso aos quatro ventos.


Compartilhe