Podemos receber pacotes da China mesmo com a ameaça do Coronavírus? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Podemos receber pacotes da China mesmo com a ameaça do Coronavírus? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | Podemos receber pacotes da China mesmo com a ameaça do Coronavírus?

Podemos receber pacotes da China mesmo com a ameaça do Coronavírus?

Compartilhe

Foi difícil evitar esse assunto nas últimas semanas, mas é o nosso dever manter o amigo leitor sempre bem informado, dentro de nossas possibilidades. O Coronavírus está se alastrando rapidamente na China, se transformando em uma das enfermidades mais complexas dos últimos tempos.

O Coronavírus tem como sintomas os mesmos de uma gripe, mas conforme avança deixa no enfermo uma enorme dificuldade em respirar. A doença já causou mais de 100 mortes no país, e mantém infectadas mais de 3.000 pessoas no país asiático.

A doença começar na China é um problema enorme, pois estamos falando de um país gigantesco, muito visitado por pessoas de todo o mundo e com mais de 1 bilhão de pessoas. O resultado disso é o registro de casos do Coronavírus em países como Japão, Tailândia, Filipinas, Coreia do Sul, Estados Unidos, Peru, França, Alemanha e outros territórios. Sem falar nos casos que ainda não foram confirmados, inclusive no Brasil, com três casos suspeitos no momento em que esse post é produzido: Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).

Porém, uma das dúvidas mais recorrentes entre os usuários de tecnologia está relacionada com a importação de produtos chineses. O envio de pacotes vindos daquele país fez com que muitas pessoas pensassem na possibilidade do vírus chegar através de alguma caixa ou produto.

E… antes que você ache que essa dúvida é bem estúpida, eu entendo que, em tempos onde uma epidemia global pode se alastrar, nenhuma pergunta é tão imbecil assim.

Dito isso… vamos atrás de respostas.

 

 

Coronavíruos e os produtos vindos da China

Muitas pessoas estão se perguntando se devem ou não abrir um pacote vindo da China. Pois bem, é a Organização Mundial de Saúde (OMS) quem vai dar as respostas. E, logo de cara, já desmente qualquer rumor relacionado à essa possibilidade.

Um vírus ou agente infeccioso não dura mais do que 24 horas quando encontra a superfície terrestre. No caso das enfermidades transmitidas por bactérias, elas sobrevivem por um pouco mais de tempo, geralmente quando se encontram em contato direto com o ar.

De um modo geral, as bactérias precisam ficar em uma espécie de reservatório vivo, ou em outras palavras, um corpo vivo (animal, ser humano, etc) para assim realizar a sua mutação e se manter viva por mais tempo. No caso dos pacotes vindos da China, como eles levam até dois meses para chegar até a sua casa, o risco de infecção com o Coronavírus por essa via é quase zero, pois nenhum vírus ou bactéria conseguem sobreviver a essas condições.

Até agora, o que sabemos é que as formas mais propensas para contágio do Coronavírus são: o contato direto com uma pessoa contagiada, estar na ciudade de Wuhan nas últimas duas semanas (considerando a data em que esse post foi produzido) e o mercado onde a enfermidade começou a ser proliferada.

 

 

Ou seja, não há o que temer

Se você está importando produtos chineses ou pensa em importá-los, pode ficar tranquilo. As chances de você contrair o Coronavírus por importar o seu smartphone da Xiaomi na China são praticamente nulas. A não ser que você compra um telefone da Xiaomi de um cara que chegou de viagem da China na semana passada, e quer vender o produto em mãos para você.

Aí sim você pode começar a se preocupar.

 

 

Via BBC


Compartilhe