Este é o PlayStation 5, com versões padrão e digital

Compartilhe

A Sony finalmente apresentou o design final do PlayStation 5, seu console de próxima geração. O produto conta com linhas mais curvas e um design mais refinado, se alinhando perfeitamente com o acabamento do novo DualSense, o controle do futuro videogame, que também é completamente diferente do DualShock da atual geração.

A apresentação do produto no evento online realizado hoje (11) pela Sony foi “uma surpresa”, mas considerando que seria justamente nessa época que a E3 2020 estaria acontecendo, e que a empresa japonesa estava ficando no limite para apresentar o produto, esse anúncio já era esperado (de alguma forma).

Nesse post, vamos apresentar os principais detalhes do novo PlayStation 5.

 

 

 

Duas versões: uma com leitor, e a outra apenas digital

 

 

Teremos duas versões do PlayStation 5, mostrando que a estratégia da Sony é se alinhar com os novos tempos, onde os conteúdos digitais estão em clara evidência.

A primeira versão do console é a clássica, com o leitor de discos para aqueles que gostam de comprar jogos físicos, para os colecionadores e para os gamers que morrem de medo de perder os jogos digitais no futuro por conta de alguma “mudança nas regras do jogo” que a Sony pode vir a adotar no futuro.

A segunda versão é a Digital Edition, que não conta com leitor de discos e todos os jogos terão que ser baixados e instalados em formato digital ou executados no streaming via PS Now.

Não foram revelados preços ou disponibilidade das versões, de modo que não dá para afirmar nesse momento que a versão digital será mais acessível que a versão padrão. Porém, considerando o que a Microsoft fez com o Xbox One (Digital Edition), a tendência é que o “digital only” seja mesmo mais barato.

 

 

Além do console, a Sony apresentou vários acessórios para ele. Todos mantém as mesmas linhas de design e, nesse caso, uma forte aposta na combinação das cores branco, preto e azul. Aqui, temos outro movimento bem ousado por parte dos japoneses, uma vez que a grande maioria dos consoles apostam iminentemente no acabamento em preto.

Os acessórios são:

 

– Pulse 3D: fones de ouvido sem fio com som 3D e cancelamento de ruído.
– HD Camera: possui lentes com resolução Full HD para que os gamers possam realizar o streaming com a máxima qualidade de imagem.
– Media Remote: controle remoto com microfone para navegar pelos serviços de streaming.
– DualSense Charging Station: base de carga USB Type-C para recarregar dois controles ao mesmo tempo.

 

 

Em todas as imagens do produto e no vídeo de apresentação, o produto sempre apareceu na vertical. Porém, o PlayStation 5 pode ser utilizado na horizontal, sem maiores problemas.

As duas laterais recebem generosas curvas que apostam na elegância, se distanciando dos clássicos consoles com linhas retas, tal e como aconteceu nas gerações anteriores e, mais especificamente, com o Xbox Series X. Na parte superior, encontramos dois slots para ventilação, com LEDs de cor azul. Na parte frontal, encontramos as portas USB-A e USB-C que, previsivelmente, devem ser utilizados para recarregar os controles.

 

 

A Sony promete anunciar o preço e a disponibilidade do PlaySyation 5 (nas duas versões) mais adiante, mas não revela uma data exata para esse anúncio. De qualquer forma, o console deixou de ser um segredo, e agora é uma realidade.

Aos sonystas, muita paciência para esperar chegar o Natal. E vai guardando dinheiro desde já. Vocês vão precisar (e muito) de uma boa economia para adquirir esse console logo de cara no final de 2020.

 

 

 

PlayStation 5: principais características técnicas

 

 

  • Processador Zen 2 com 8 núcleos e 16 threads a 3,5 GHz (máximo).
  • GPU Radeon RDNA 2 com 2.304 sombreadores a um máximo de 2,23 GHz.
  • Ray tracing acelerado por hardware.
  • Memória GDDR6 unificada de 16GB
  • SSD de 825GB com velocidade de até 5,5 GB/s (dados não compactados).
  • Chip de som 3D Tempest.
  • Controle DualSense com resposta háptica.

 


Compartilhe