Compartilhe

O PlayStation 4 é o claro vencedor da atual geração de consoles de videogames. Vendeu bem desde o seu lançamento, e mostrou que a Sony foi capaz de aprender com os tropeços da geração anterior. É um produto muito superior ao Xbox One, tanto nas vendas como no catálogo dos jogos.

O sucesso comercial do PS4 pode ser mensurado pelos números. No ultimo trimestre de 2019, ele se transformou no segundo maior console de videogames da história, superando a marca de 100 milhões de unidades vendidas. Agora, o console alcançou a expressiva marca de 1 bilhão de jogos vendidos, somando todos os títulos lançados para a plataforma.

 

 

1 bilhão de jogos vendidos no PS4, em detalhes

De acordo com a Sony, ao longo de 2019 foram vendidos 274 milhões de jogos para PlayStation 4, o que resultou na marca de 1.181 bilhão de jogos comercializados em 31 de janeiro de 2020. A empresa japonesa somou as vendas físicas nas lojas e as vendas online via PlayStation Store, deixando de fora o conteúdo via download (gratuito) e outros complementos.

A divisão de consoles da Sony está dominando o setor de consoles domésticos com mãos de ferro a pelo menos 20 anos, onde o único tropeço foi com o PlayStation 3, que chegou ao mercado depois do Xbox 360 e com um preço proibitivo na época. Segundo a Sony Interactive Entertainment, foram vendidos 999,4 milhões de jogos para o PS3, enquanto que o PlayStation 2 vendeu um total de 1.53 bilhão de títulos.

Nos consoles vendidos dentro da geração de 128 bits, a Sony segue dominando com clara vantagem, com 155 milhões de unidades vendidas do PlayStation 4, superando as 102,8 milhões de unidades comercializadas do primeiro PlayStation (32 bits) e as 76,4 milhões de unidades do PlayStation 3.

Os números falam por si. A Sony soube dar as cartas como ninguém no mercado de consoles de videogames, destronando a Nintendo. Porém, em um futuro próximo, as coisas podem mudar de forma considerável, principalmente na era dos jogos por streaming. Quem sabe não veremos a Sony e o PlayStation se adaptando aos novos tempos.

Não só a Sony que precisa ficar atenta, mas Microsoft e Nintendo também. Muitos afirmam que o futuro dos games é mesmo o streaming, e que os jogos físicos já estão em extinção. De fato, quando vemos iniciativas como o Xbox One All-Digital Edition e as plataformas emergentes que oferecem os jogos rodando a partir de potentes servidores, temos a real impressão que todo esse mercado já está em um momento de transição.

 

 

Via Polygon


Compartilhe