Press "Enter" to skip to content
Você está em | Home | Internet | Plano de internet de 750 Mb/s da Claro é uma “escolha de Sofia”

Plano de internet de 750 Mb/s da Claro é uma “escolha de Sofia”

Compartilhe

Todo mundo que lê os conteúdos deste blog sabe que eu tenho os meus problemas com a operadora de banda larga fixa Claro. Mas não posso deixar de fazer o registro sobre o lançamento do novo plano de internet com 750 Mb/s.

O que poderia ser encarado como uma boa notícia para a maioria dos usuários também deve ser visto como uma espécie de “escolha de Sofia” para os profissionais e produtores de conteúdo.

Em termos práticos, você precisa escolher o que é melhor para você: um modem compatível com WiFi 6, ou uma taxa de upload mais veloz. Porque a Claro entende que você não tem o direito de ter o melhor de todos os mundos.

 

Conheça o novo plano de 750 Mb/s da Claro

 

A Claro anunciou nesta quarta-feira (4) que passou a comercializar o plano de internet banda larga fixa de 750 Mb/s, que é uma proposta intermediária entre as velocidades de 500 Mb/s e 1 Gb/s.

A novidade está disponível para contratação em regiões atendidas com cabo coaxial (HFC), mas ainda não pode ser adquirida em áreas atendidas com fibra óptica pura (FTTH).

O novo plano de 750 Mb/s está sendo vendido por R$ 169,90 por mês, e inclui um modem em comodato com suporte a Wi-Fi 6, uma tecnologia que permite velocidades maiores e melhor desempenho na frequência de 2,4 GHz.

O equipamento, listado pela Claro como Sagemcom F@st 3896, traz suporte a 802.11ax e possui porta Ethernet 2,5 Gb/s, o que seria especialmente útil para assinantes do plano de 1 Gb/s. A chegada de equipamentos com Wi-Fi 6 no portfólio da Claro já era esperada desde agosto de 2022, justamente com a homologação do já mencionado equipamento oferecido no novo plano.

É importante ressaltar que a velocidade de upload nominal do plano de 750 Mb/s é de 50 Mb/s, menor do que o oferecido pela operadora no plano de 500 Mb/s, que é de 100 Mb/s.

Para a maioria dos usuários, isso não chega a ser um problema na maior parte do tempo, pois existe a cultura entre os internautas brasileiros em priorizar a taxa de download para uma navegação de internet mais rápida.

Porém, quem sofre com isso são os produtores de conteúdo, que precisam enviar um grande volume de arquivos para a internet, como vídeos para o YouTube e streamings ao vivo em diferentes plataformas.

Ou seja, para quem tem tarefas profissionais com a internet, o novo plano de 750 Mb/s não vale tanto a pena assim.

 

A comparação com a concorrência

 

Comparado com outros planos de banda larga no mercado, o plano de 750 Mb/s da Claro é competitivo com a Vivo Fibra, que comercializa internet de 700 Mb/s por R$ 200 mensais. No entanto, a operadora tem custo-benefício inferior à TIM Ultrafibra, que oferece plano de 1 Gb/s com mensalidade de R$ 151,90 e inclui modem em comodato com suporte a Wi-Fi 6.

A Claro já oferece planos de banda larga com velocidades de 250 Mb/s, 500 Mb/s e 1 Gb/s, com preços mensais que variam de R$ 99,90 a R$ 299,90. A nova opção de 750 Mb/s é uma alternativa interessante para quem busca uma velocidade intermediária entre as opções existentes, desde que o cliente esteja ciente de que vai receber uma taxa de upload mais baixa.

Em termos de tecnologia, a Claro tem investido em diferentes frentes para melhorar a qualidade e a velocidade de sua rede de banda larga. A empresa tem feito investimentos em fibra óptica e em tecnologias como DOCSIS 3.1, que permite a transmissão de dados em alta velocidade por meio de cabo coaxial.

No geral, a chegada do plano de 750 Mb/s e do modem com Wi-Fi 6 é uma boa notícia para os usuários da Claro, que agora têm uma opção a mais em seu portfólio de produtos, o que pode ser um grande diferencial para muitos consumidores.


Compartilhe