A japonesa Panasonic apresentou na CES 2019 que acontece nessa semana em Las Vegas (Estados Unidos) para apresentar a sua nova TV, a Panasonic GZ2000. Mas não encare esse produto como uma nova TV pura e simples. Ela é uma verdadeira loucura tecnológica com tela OLED, especialmente desenvolvida para os fãs do cinema em casa.

A Panasonic GZ2000 estará disponível em versões com telas de 55 e 65 polegadas em OLED com resolução 4K. O modelo é fruto de uma parceria entre a Panasonic e Stefan Sonnenfeld, fundador e CEO da Company 3, para melhorar o nível de luminosidade, o contraste e entregando uma calibragem perfeita para aproveitar dos filmes exibidos tal e como eles foram concebidos por seus realizadores.

 

 

A nova tela vem acompanhada de um novo processador de imagem, o HCX Pro, que analisa em tempo real as características do vídeo em 4K, otimizando a imagem em função do ambiente onde a TV foi instalada e o tipo de conteúdo exibido. A Panasonic GZ2000 é a primeira TV do mundo compatível com HDR10+ e Dolby Vision, além de oferecer o suporte para HLG, um formato HDR que os canais de TV podem adotar no futuro.

Na parte de áudio, a Panasonic conta com a certificação Dolby Atmos, renunciando ao design ultrafino de outras TVs OLED para integrar alto-falantes de grande tamanho, que entregam um som de qualidade sem a necessidade de recorrer a dispositivos adicionais.

 

 

A Panasonic GZ2000 conta com o sistema operacional My Home Screen, derivado do Firefox OS que chega com melhorias na interface, acesso mais simples aos conteúdos VOD e integração com serviços de streaming populares, como Netflix, Amazon, YouTube, Spotify, etc.

A Panasonic GZ2000 chegará na Europa em 2019, mas datas de lançamento e preços não foram anunciados. Também não há previsão para a chegada dessa TV em outros mercados ou continentes, e… vamos reconhecer: a importação desse produto é algo inviável.