Outlook copia a previsibilidade de texto do Gmail

Compartilhe

A Microsoft está trabalhando em uma nova função para o Outlook, a previsibilidade de texto. Algo que o Gmail, um dos seus principais concorrentes no setor de gerenciamento de e-mails, já possui a algum tempo. Ao longo do mês de maio, a função estará disponível para todos os usuários.

Outra melhoria que a Microsoft está trabalhando e preparando para o Outlook é a opção para programar o envio de e-mails, algo muito útil para qualquer usuário que trabalha todos os dias com mensagens eletrônicas, principalmente nos aspectos profissionais.

O novo recurso do Outlook que é uma cópia da funcionalidade do Gmail é a Smart Compose. O Google estreou essa praticidade para os usuários em 2018, e a ideia por trás da função é aparecer as sequências para completar as palavras e frases mais utilizadas automaticamente durante a redação do e-mail. Esse recurso teve o seu desenvolvimento na solução da gigante de Mountain View na função Smart Reply.

E, antes de continuar, é preciso deixar bem claro uma coisa.

No mundo da tecnologia atual (quase) nada se cria, (quase) tudo se copia. Logo, não podemos julgar a Microsoft por copiar um recurso que já está presente em outro serviço. Como se Apple, Facebook e o próprio Google não tivessem feito exatamente a mesma coisa no passado.

Considerando que o recurso de previsibilidade durante a digitação não é algo patenteado ou exclusivo de uma única empresa ou desenvolvedora de software, essa é uma funcionalidade que pode aparecer em qualquer lugar, a qualquer momento.

Logo, sem muitos traumas. Antes de reclamar da cópia, agradeça ao fato da Microsoft oferecer essa funcionalidade que vai atender aos usuários do Outlook… que não vão precisar deixar essa solução pelo Gmail por causa desse recurso.

Se bem que acho bem difícil alguém trocar o Outlook pelo Gmail apenas por causa da previsibilidade de texto.

 

 

 

Funcionamento da tecnologia de previsibilidade no Outlook

 

Essa tecnologia chega ao Outlook chega muito atrasado em relação ao Gmail, mas… antes tarde do que nunca. O recurso desembarca à solução da Microsoft no mês de maio. Logo, quando você vai digitar os seus e-mails, vão aparecer sugestões de palavras que podem completar a frase que você está digitando.

Para aceitar as palavras sugeridas, pressione a tecla Tab ou pressione a tecla da flecha para a direita, ou simplesmente continue a digitar o seu texto para ignorar as sugestões oferecidas pelo software.

Se esse recurso de auto completar o texto em e-mails redigidos não parece ser algo muito útil na sua vida, você pode desativar a funcionalidade a qualquer momento. Para isso, vá até a parte superior da página em Configurações, clique no item que mostra todas as configurações do Outlook e acesse Correio > Redigir e responder. No item Previsão de texto, desative a casa que indica “Sugerir palavras ou frases enquanto eu escrevo”.

Além dessa nova característica para o Outlook, a Microsoft informou que está desenvolvendo outra funcionalidade que deve estrear em sua plataforma de e-mails durante o mês de junho. É a possibilidade de “enviar mais tarde” as mensagens, permitindo assim a programação do envio de correios eletrônicos para datas e horas pré-determinadas.

Ou seja, nada de enviar e-mails de trabalho durante a madrugada: você escreve a mensagem que está fresca na sua cabeça antes de dormir, e deixa o envio programado para o horário comercial (e sem a preocupação em esquecer de enviar o e-mail depois).

Mais um recurso que está no Gmail? É claro que sim! Mas… quem se importa?

 

 

Via Office.com


Compartilhe