Os smartphones dobráveis ainda não estão maduros, e isso é fato | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | Os smartphones dobráveis ainda não estão maduros, e isso é fato

Os smartphones dobráveis ainda não estão maduros, e isso é fato

Compartilhe

Os smartphones dobráveis foram a grande tendência da Mobile World Congress 2019 em Barcelona, com quase todas as empresas apresentando produtos (ou mostrando protótipos) com esse conceito para responder ao Samsung Galaxy Fold apresentado semanas antes. As novas telas flexíveis permitiram o desenvolvimento de outros dispositivos eletrônicos, como wearables ou notebooks.

Porém, todos os problemas que o Samsung Galaxy Fold enfrentou nas unidades de testes (o que resultou no adiamento do lançamento do produto para um tempo indeterminado) foi um alerta claro para toda a indústria. Esse tipo de design ainda não está maduro como acontece com a primeira geração de qualquer produto.

E mais um elemento reforça essa teoria. A Huawei também anunciou que adiou a chegada ao mercado do seu smartphone dobrável, o Mate X, para pelo menos o mês de setembro, para “realizar testes adicionais”. Ou seja, apresentou, mas não está pronto o suficiente para chegar ao mercado.

 

 

“Não queremos lançar um produto que destrua a nossa reputação”

 

 

Além dos elementos de design, a Huawei informa que testes adicionais com as operadoras de telefonia móvel de todo o mundo e desenvolvedores precisam ser feitos para garantir que os aplicativos funcionem quando o dispositivo estiver completamente aberto. O Huawei Mate X conta com o seu próprio design, com uma única tela flexível que dobra para fora, permitindo passar do modo smartphone para tablet (ou vice-versa) de forma rápida e simples.

O modelo da Huawei é maior que o da Samsung nos dois modos. Quando a tela OLED está completamente desdobrada, ele oferece um tablet Android de 8 polegadas. Quando dobrado, temos uma tela de 6.6 polegadas, ou uma tela dupla (frontal e traseira).

Está claro que depois do bloqueio da administração Donald Trump, tudo o que a Huawei menos precisa é entregar ao mercado um produto com falhas, e esse é o motivo para o atraso do Mate X. O seu sistema operacional será o Android, como previsto. Sobre o veto, a Huawei reforça que ainda está com sua parceria com o Google vigente, mas se a empresa se vê obrigada a fazer por ela mesma, está pronta para colocar a sua alternativa no mundo “entre seis e nove meses”.

Sobre o dispositivo dobrável, a Huawei espera lançá-lo em setembro, e de forma limitada para avaliar a sua recepção. Já a Samsung não revela uma previsão ou estimativa sobre o lançamento do Galaxy Fold, e quanto mais o tempo passa, mais dúvidas o projeto gera nos eventuais interessados.

Esse tipo de conceito nas telas vai entregar um design mais polido nos próximos anos (sem falar nos preços mais competitivos). Por enquanto, tudo vai custar caro e contará com uma série de problemas.

E fica a dúvida se realmente vale a pena ser um early adopter nessas condições.

 

Via CNBC


Compartilhe