Os problemas do dia 1 do Windows 11 | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Os problemas do dia 1 do Windows 11 | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Os problemas do dia 1 do Windows 11

Os problemas do dia 1 do Windows 11

Compartilhe

É claro que o Windows 11 apresentaria problemas no seu primeiro dia de vida. E nós tentamos avisar sobre isso, pois compartilhamos com você que muitos que já estavam utilizando o novo sistema operacional da Microsoft reforçavam que o mesmo não estava pronto ou maduro para chegar ao mercado.

Mesmo com todos os alertas, muitas pessoas decidiram instalar o Windows 11 logo de cara, no primeiro dia de lançamento. E, obviamente, se deram mal com isso., pois os problemas apareceram logo de cara.

Vamos então compartilhar quais são os primeiros problemas mais sérios do Windows 11 nesse seu início de vida, até mesmo na tentativa de avisar outros usuários que podem decidir se vale a pena ou não atualizar o computador diante dessas anormalidades.

 

 

 

Problemas conhecidos, e problemas que ainda vamos conhecer

 

O Windows 11 só ficou três meses em versão preview para os Insiders, o que é considerado por muitos especialistas de tecnologia um tempo muito escasso para eliminar todos os possíveis problemas que um software novo pode apresentar. Mas a Microsoft quis assim, e os resultados dessa decisão já começaram a aparecer.

O recomendado (ou pelo menos era a regra para a Microsoft) é que os Insiders testem um novo sistema operacional, e o mundo perfeito ou ideal exige no mínimo um ano (ou mais) de testes. Bom, pelo menos essas eram as janelas respeitadas para as atualizações semestrais do Windows 10.

De qualquer forma, a Microsoft já publicou uma lista de falhas no Windows 11 que já são de conhecimento da empresa. A boa notícia é que, pelo menos no primeiro dia, apenas três problemas sérios foram detectados:

  • Problemas de software de rede Intel “Killer” e “SmartByte” que podem afetar a velocidade de sua conexão com a Internet.
  • Problemas de compatibilidade com Oracle Virtual Box.
  • Problemas de compatibilidade com o navegador vietnamita Cốc Cốc.

 

A má notícia é que os primeiros usuários do Windows 11 mostram que a realidade é bem diferente daquela projetada pela Microsoft, entregando uma lista de falhas um pouco maior.

Relatos sobre o elevado consumo de memória do Explorador de Arquivos lotaram o Reddit e a Central de Feedback da Microsoft nos últimos meses, algo que foi confirmado pela própria gigante de Redmond nos comentários dessas publicações.

Sobre esse problema, a Microsoft afirma que corrigiu o problema a ponto do mesmo ser algo “completamente irrelevante” na versão estável do Windows 11, que foi lançada em 5 de outubro de 2021. Mas parece que os resultados práticos do mundo real dos usuários é um pouco diferente disso.

Outro problema que está afetando de forma negativa a experiência de uso está na persistência da barra de tarefas do Windows 10 no Windows 11, impossibilitando o funcionamento pleno do Menu Iniciar no novo sistema operacional, além de reclamações menores sobre a lentidão na exibição dos menus contextuais.

 

 

 

Vale a pena passar por tudo isso?

Eu pergunto para você, amigo leitor. Afinal de contas, a decisão é sua, e a resposta para essa pergunta também está com você.

Está na cara que o Windows 11 precisava passar por um período maior de testes e desenvolvimento, e não havia qualquer motivo para um lançamento rápido desse software, exceto como uma clara estratégia para tentar impulsionar o mercado de novos equipamentos informáticos.

Mas você não precisa ter a mesma pressa da Microsoft e do mercado de PCs. O seu computador vai funcionar bem com o Windows 10 por mais quatro anos. Logo, ter pressa para atualizar o computador para um software que não oferece mudanças relevantes e não está devidamente lapidado para o usuário final.

Mas… repito: a decisão é sempre sua.


Compartilhe