Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas de Downloads » Os perigos na hora de comprar na Amazon

Os perigos na hora de comprar na Amazon

Compartilhe

Eu adoro comprar na Amazon. Sério. É um e-commerce que tem de tudo, entrega muito rápido e, em caso de problemas, a solução vem de forma ágil e eficiente. Porém, nem mesmo Jeff Bezos poderia imaginar que a mente humana é muito criativa e perversa, criando ferramentas para ludibriar internautas menos experientes com as compras online.

Entendo que a maioria das pessoas não contam com a malícia para identificar golpes na internet. E nem são obrigados a saber disso. Tudo deveria partir do princípio que as pessoas deveriam ser honestas. Mas como isso não acontece, os golpes na internet se tornam mais frequentes.

Por isso, você encontra neste post quais são as principais perigos que você vai encontrar em compras na Amazon. Não são problemas criados pela plataforma, mas que outras pessoas desenvolvem para pegar os mais desavisados.

 

 

 

Falsificações

Produtos com preços muito baratos podem indicar que aquele item na verdade é uma falsificação (peço desculpas pelo trocadilho).

Fique atento aos detalhes do anúncio, principalmente na parte das especificações técnicas do produto. Se possível, pesquise antes no Google quais são as principais características do item que você quer comprar, especialmente se essas informações estiverem disponíveis no site do fabricante.

Também vale a pena assistir a alguns vídeos no YouTube relacionados ao produto do seu interesse. Vários youtubers podem oferecer conteúdos que ajudam a diferenciar o produto original da falsificação.

 

 

 

Comentários extremamente positivos

Não faz muito tempo que todo mundo descobriu um esquema de fraudes envolvendo os comentários da Amazon, onde outros usuários eram pagos para publicar comentários falsos e muito favoráveis a produtos e vendedores cadastrados na loja.

Essa prática está bem menos disseminada, pois a própria Amazon decidiu tomar providências sobre o assunto. Porém, isso não quer dizer que o sistema não existe, e que você pode ser vítima de um golpe que, nesse caso, é muito bem arquitetado.

Por isso, seja muito cético na hora de analisar os comentários publicados pelo vendedor. No lugar de olhar para o feedback positivo, observe com mais atenção às reclamações que o produto e a loja receberam. Isso pode falar muito mais sobre o real status do vendedor.

 

 

 

E-mails fraudulentos

É claro que a Amazon pode ser vítima de phishing, ou a prática do envio de e-mails falsos para enganar os usuários mais ingênuos. Afinal de contas, estamos falando da maior varejista online do mundo. Se isso acontece com empresas muito menores, que dirá com uma gigante.

Sempre observe com atenção o endereço do domínio principal indicado no e-mail que você recebe. No caso da Amazon Brasil, sempre vai ser: https://www.amazon.com.br. Além disso, o e-commerce jamais vai pedir que você envie informações pessoais por e-mail. Se você precisa alterar alguma informação, entre no site oficial ou no aplicativo instalado em seu smartphone.

 

 

 

Chamadas telefônicas e SMS falsos

A prática do phishing não está limitada aos e-mails. Nos últimos tempos, muitos usuários são incomodados com mensagens de texto no celular e chamadas telefônicas que não são verídicas, já que são golpistas tentando passar as vítimas para trás.

Coloque os números que ficam enviando mensagens em SMS nos bloqueios de SPAM, e jamais confirme qualquer tipo de informação sensível (dados pessoais, número de cartão de crédito, etc) pelo telefone, exceto quando foi você quem procurou esse tipo de contato.


Compartilhe