Wetten.com Brasil Apostas
Home » Games » Os novos preços do PS5 no Brasil: o que mudou?

Os novos preços do PS5 no Brasil: o que mudou?

Compartilhe

O IPI caiu, e os fabricantes de videogames reduziram os preços dos consoles de próxima geração no Brasil. A redução de preço é modesta, e qualquer um pode constatar isso. Mas em um passado não muito recente, as reduções de impostos dificilmente seriam repassadas para o consumidor brasileiro.

Assim como a Microsoft fez na semana passada, a Sony anunciou a redução dos preços dos seus novos consoles de próxima geração, o PS5 e o PS5 Digital Edition. De quebra, anunciou também uma redução de preços no controle wireless DualSense e na câmera HD.

Nesse post, muito mais do que revelar os novos preços dos consoles, vamos analisar essa redução, tentando detectar se essa queda de preço foi generosa ou padrão, e se os novos preços são interessantes para os compradores em potencial.

 

 

 

Os novos preços do PS5 no Brasil

 

De um modo geral, a Sony estabeleceu a “regra de 3” nos novos preços do PS5. E não estou falando de um equivalente matemático, mas sim porque adotou um múltiplo de 3 para aplicar as reduções de valores, sem utilizar a regra de porcentagem variável que a Microsoft aplicou nos consoles da nova família Xbox.

Sem enrolar muito, a seguir, temos os novos preços dos consoles PS5 no Brasil após a redução do IPI, além dos novos valores dos acessórios compatíveis com esses consoles:

– PlayStation®5 Digital Edition – de R$ 4.499 para R$ 4.199 (preço sugerido)
– PlayStation®5 com entrada Blu-ray Ultra HD – de R$ 4.999 para R$ 4.699 (preço sugerido)
– Controle wireless DualSense™ – de R$ 499 para R$ 469 (preço sugerido)
– HD Camera – de R$ 449 para R$ 419 (preço)

 

 

Ou seja, fica fácil concluir que os consoles receberam descontos de R$ 300 no valor sugerido, e os acessórios contam com um desconto de R$ 30 em relação aos preços antigos. Lembrando que são preços sugeridos para os produtos, o que significa que você pode comprar esses consoles com valores ainda menores, dependendo do e-commerce e da forma de pagamento escolhida pelo consumidor, e os novos valores passam a ter efeito imediato no mercado brasileiro.

 

 

 

A inevitável comparação com o Xbox Series X e S

 

 

Não tem jeito. A comparação de preços é algo inevitável nesse caso, e é exatamente isso o que vamos fazer a partir de agora.

Com os novos valores do PS5 em mente, vamos recapitular os novos preços sugeridos para o Xbox Series X e o Xbox Series S após a redução do IPI:

Xbox Series X, por R$ 4.599 (antes, R$ 4.999)
Xbox Series S, por R$ 2.799 (antes, R$ 2.999)

 

Logo, temos aqui consolidada a diferença de preços entre os produtos, onde a Microsoft continua oferecendo um valor menor para os seus consoles. A Sony nunca foi muito amiga do usuário brasileiro nesse sentido, e tradicionalmente cobra valores mais caros para os seus consoles do que a gigante de Redmond.

Porém, pelo menos para o modelo mais completo dos dois consoles, a diferença é insignificante. Quem já vai pagar esses valores elevados por um console de videogames de nova geração certamente vai pagar R$ 100 a mais para levar o PS5 para casa. Aliás, quem já fez a sua escolha a essa altura do campeonato não vai mudar de ideia.

Por outro lado, a diferença de valores entre os modelos mais básicos dos dois consoles ainda é substancial, e o pulo do gato da Microsoft no Brasil pode estar nas vendas do Xbox Series S, mesmo com a informação que o PS5 Digital Edition só deixa de lado o leitor de mídia física em relação ao modelo principal.

No final das contas, ainda acho que o PS5 Digital Edition só existe para impulsionar as vendas do PS5, pois a diferença de valores não justifica abrir mão do leitor de mídia física.

 

 

 

Vale a pena a compra do PS5 com preço reduzido?

 

Todo desconto é mais que bem vindo (a diferença de preços permite que você compre um jogo para começar a nova vida no console), mas não dá para dizer que a redução do IPI promoveu uma redução de preço nos consoles de nova geração que justifique qualquer tipo de comemoração com maior entusiasmo.

Não acho que mudou muito a situação. O dólar está alto (R$ 5.74 no momento em que esse post foi produzido), o custo Brasil ainda é elevado… e a Sony é a Sony. Não facilita tanto assim a vida dos brasileiros com os preços dos seus produtos.

Mas tenho quase certeza que, independente de qualquer coisa, o PS5 tem tudo para ser um sucesso no Brasil em seu lançamento.

 

 

Via Blog PlayStation


Compartilhe