TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Os nomes proibidos para usar em arquivos no Windows | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | Os nomes proibidos para usar em arquivos no Windows

Os nomes proibidos para usar em arquivos no Windows

Compartilhe

O Windows tem regras que precisam ser respeitadas por todos. Sem exceção.

Se você um dia achou que o sistema operacional mais utilizado no mundo poderia virar bagunça a qualquer momento, se enganou completamente. A Microsoft jamais iria deixar que o eterno estudante da quinta série que vive dentro de cada um de nós tomasse conta do computador. Bill Gates deve ser um diretor de escola amigável, mas disciplinador com todos os seus usuários.

Uma clara amostra sobre como a Microsoft mantém tudo sobre o seu controle no Windows está nas regras sobre os nomes que você pode colocar nos arquivos e pastas do sistema operacional. Com certeza mais de uma pessoa já tentou rebatizar um desses elementos e o software retornou um erro que não permitia salvar o arquivo com esse nome.

Muitos usuários não entendem o motivo para esse erro, algo que é até normal (poucas pessoas se perguntam por que isso acontece), mas existe uma razão lógica para a falha acontecer, e a explicação é até simples: o Windows proíbe a inclusão de alguns nomes para o registro de documentos, arquivos ou pastas como controle interno.

 

 

 

Os termos proibidos no Windows

 

Esse sistema de bloqueio de palavras está presente desde as primeiras versões do sistema operacional da Microsoft, e se tornou algo comum ver a tal mensagem de erro quando tentamos colocar um determinado nome para um documento ou pasta. Isso acontece pelo fato de alguns desses nomes estarem relacionados com alguns dos nomes de arquivos que fazem parte do sistema operacional, o que gera o erro automaticamente, apenas para evitar uma dualidade que pode causar conflitos e falhas no futuro.

Entre as palavras mais comuns que estão proibidas na hora de criar uma pasta ou arquivo é “con”, e se você está duvidando do que eu estou falando, pode tentar por você mesmo. Algumas palavras proibidas até podem ser utilizadas, mas isso pode variar de acordo com a versão do Windows que está instalada no seu computador.

No caso do termo “con”, ele está restrito porque é muito utilizada em todo o sistema operacional. E se você precisa desse dicionário de palavras proibidas para ser mais criativo com os nomes que você vai dar para os seus arquivos e pastas no Windows, anote com atenção a lista abaixo:

CON.
PRN.
AUX.
CLOCK$.
NUL.
COM1, COM2, COM3, COM4, COM5, COM6, COM7, COM8 y COM9.
LPT1, LPT2, LPT3, LPT4, LPT5, LPT6, LPT7, LPT8, LPT9.

 

 

 

Por que não é possível renomear com esses nomes?

 

Em 1974, o sistema operacional CP/M batizou várias funções que são utilizadas até hoje no Windows com esses nomes. 10 anos depois, a Microsoft comprou o sistema operacional 86-DOS da concorrência, e decidiu substituir todos os nomes disponíveis, tornando os mesmos restritos dentro de sua nova interface.

Quando a Microsoft estava preparando a sua nova geração de sistemas operacionais NT, incluiu novamente a compatibilidade reversa com o MS-DOS e, por tabela, incluiu todos esses arquivos especiais (ampliando no caso as portas, sendo os COM e os LPT indo de 1 a 9, ou seja, COM1, COM2… COM9 e LPT1 … LPT9).

E é isso. Some o contexto histórico e a presença desses nomes no sistema operacional, e temos a combinação que impede que você use esses nomes para seus arquivos e pastas no Windows.


Compartilhe