Admita: é difícil escolher um bom smartphone com tantas opções que temos no mercado. Muitas vezes não queremos (ou não podemos) gastar o dinheiro que muitos fabricantes pedem pelo seu modelo top de linha, mas sempre existem opções que entregam aquela relação custo/benefício tão desejada.

Dito isso, apresentamos nesse post os melhores smartphones (em julho de 2018) quando o principal fator de compra é a relação custo/benefício.

 

 

OnePlus 6

 

 

A marca se mantém na lista pela combinação Snapdragon 845 + 6 GB RAM + 64 GB de armazenamento com preço abaixo dos 550 euros. Tem uma boa qualidade de construção para o seu preço, e consegue rivalizar com modelos como Galaxy S9 e Huawei P20.

Por outro lado, não espere encontrar aqui recarga sem fio e fotos com a mesma qualidade de modelos mais premium. Algo normal. Afinal, de algum lugar tem que vir a economia no preço.

 

 

ASUS Zenfone 5Z

 

 

Mais um com Snapdragon 845, visual bem apelativo e com preço muito inferior aos seus concorrentes diretos. Trabalha com 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento (expansíveis via microSD), mas os insatisfeitos podem contar com uma versão com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. Sem falar na saída de áudio 3.5 mm.

E tudo isso, por menos de 500 euros!

 

 

Huawei Honor 10

 

 

Tem especificações semelhantes ao Huawei P20, mas custa bem menos. Conta com o processador Kirin 970, trabalhando com 4 GB ou 6 GB de RAM e 64 GB ou 128 GB de armazenamento (não expansível).

Mas o mais importante de tudo isso é que o modelo vai receber a tecnologia GPU Turbo da Huawei, que vai aumentar o desempenho gráfico do Kirin 970 em até 60%, com uma economia de bateria de 30%. E ele custa aproximadamente 400 euros.

 

 

Xiaomi Mi 8

 

 

O primeiro top de linha Android a contar com um sistema de reconhecimento facial 3D, trabalhando com especificações elevadas (Snapdragon 845, 6 GB de RAM, 64 GB de armazenamento, tela Super AMOLED de 6.21 polegadas) com um preço muito reduzido (549 euros).