Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Os melhores conselhos para melhorar a segurança no Windows 10

Os melhores conselhos para melhorar a segurança no Windows 10

Compartilhe

Neste post, vamos mostrar quais são os principais recursos do Microsoft Defender, software de segurança que está disponível de forma nativa no Windows 10.

O Microsoft Defender pode ser o suficiente para a maioria dos usuários do Windows 10, uma vez que ele oferece uma série de recursos para proteger os seus dados, ao mesmo tempo que oferece um melhor desempenho que os demais softwares, uma vez que ele está integrado no sistema operacional.

Siga as dicas abaixo, e reforce de forma considerável a segurança do seu computador.

De graça, e com poucos cliques.

 

 

 

Ative a proteção contra vírus e outras ameaças

 

Esse é o item mais essencial do Microsoft Defender, e é uma medida obrigatória dos usuários que apostam nesta plataforma.

Sem ele, o seu computador com Windows 10 fica completamente vulnerável para eventuais ataques e ameaças.

Logo, nem pense em não ativar essa funcionalidade.

 

 

 

Habilite a proteção da conta do usuário

 

Esse recurso ajuda o usuário a se proteger de alguma forma dos ataques de ransomware.

Apenas para relembrar: o ransomware sequestra todo o computador e os dados armazenados nele. O equipamento só é liberado depois que o usuário pagar um resgate para o criminoso cibernético.

Não que isso vá impedir o ataque de ransomware, mas ao menos você pode dificultar a vida do atacante, colocando uma barreira de segurança a mais aos seus dados.

 

 

 

Ative o firewall para proteger a sua rede

 

Um firewall é, literalmente, um “muro de fogo”, onde um atacante cibernético pode se queimar se tentar invadir o seu sistema.

É o tipo de barreira que todo usuário do Windows 10 deve ativar para proteger o seu computador de dados recebidos que não necessariamente podem vir de fontes confiáveis.

Como diz o ditado: “é melhor prevenir do que remediar”.

 

 

 

Controlar o navegador e outros aplicativos

 

O Microsoft Defender pode estabelecer configurações específicas de segurança para os aplicativos instalados no seu computador, além da principal porta de entrada das ameaças cibernéticas: o navegador web.

Softwares como Chrome, Edge, Brave, Opera e outros são utilizados todos os dias para acessar a internet. Por isso são as ferramentas mais utilizadas pelos ciber criminosos para tentar golpes para roubar dados e sequestrar equipamentos.

O software de segurança da Microsoft realiza ajustes para proteger os usuários deles mesmos, em muitos casos. Afinal de contas, muitos acabam acessando sites de procedência suspeita e duvidosa, que normalmente estão lotados de ameaças virtuais.

 

 

 

Opções para proteger as crianças

 

Os adultos contam com a OBRIGAÇÃO de proteger as crianças na internet, ainda mais nos tempos que vivemos neste momento.

Por isso, o Microsoft Defender conta com ajustes específicos nos controles parentais que limitam o acesso das crianças a determinados sites e conteúdos.

São os adultos que vão definir o que as crianças podem acessar, em um filtro manual que pode ser ajustado no software de forma direta e sem maiores complicações.

 

 

 

Use a segurança avançada do sistema

 

O Microsoft Defender também trabalha com os recursos avançados do Windows 10 para reforçar a segurança do computador como um todo.

Esse recurso é muito útil para aqueles usuários que contam com dados muito sensíveis no computador, ou para quem exige uma segurança ainda mais reforçada pela natureza das suas atividades.

Em alguns casos, essa funcionalidade é o principal argumento para não contar com a necessidade de usar um software pago no computador para a proteção do sistema operacional.

 

 

Via Microsoft


Compartilhe