Compartilhe

Infelizmente, tem sempre algum espírito de porco querendo tirar vantagem das pessoas mais inocentes. Os golpes relacionados à crise do coronavírus não param de correr nas redes sociais e, principalmente, no WhatsApp. E é nosso dever manter você bem informado e protegido das ameaças que estão correndo na internet nesse momento.

 

 

 

Os golpes mais comuns na internet em tempos de coronavírus

 

 

Vários sites ilegais e sem o certificado de segurança SSL (que é um sinal claro que aquele conteúdo não é seguro), hackers oferecem descontos em serviços como invasão de contas de Facebook e vendas de álcool em gel. Além disso, aplicativos prometem fazer o mapeamento de casos do COVID-19 em tempo real, mas o software nada mais é do que um malware que sequestra os seus dados, com liberação mediante resgate em bitcoin.

Outro golpe que se tornou comum nos últimos dias é o da Netflix de graça. Um link solicita um cadastro em troca de uma assinatura gratuita na plataforma de streaming durante o período da crise do coronavírus. Isso não existe, e só serve para roubar os seus dados.

 

 

Além disso, o golpe da doação de 1 milhão de unidades de álcool em gel por parte da Ambev em troca de um breve cadastro também foi desmentido pela própria distribuidora de bebidas (que, de fato, parou tudo para produzir álcool em gel para hospitais e postos de saúde). Esse é mais um golpe para roubar os dados dos mais ingênuos.

Também não acredite em ofertas absurdas em tempos de crise, pois são ofertas falsas que querem roubar os dados de cartão de crédito dos usuários. Fique atento aos domínios originais e aos certificados de segurança desses domínios.

 

 

 

Como se proteger dos golpes online em tempos de pandemia?

 

Busque sempre as informações em canais de comunicação oficial, e não acredite em qualquer notícia que chega até você via WhatsApp, redes sociais ou outros aplicativos de mensagens.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) lançou recentemente um bot para WhatsApp, que pode manter você informado de forma segura sobre as últimas notícias envolvendo a pandemia do coronavírus (o bot é em inglês, mas é uma fonte segura).

Para usar o bot, envie uma mensagem com a palavra JOIN para o número de telefone +41798931892, ou clique nesse link, que vai encaminhar direto para o WhatsApp.

 

 

E nem precisava repetir, mas o aplicativo Coronavírus – SUS, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, é a principal fonte nacional de informações sobre essa crise.

Sempre faça os downloads dos seus aplicativos nas lojas oficiais do Android e iOS, e evite links que redirecionem para outros sites. Também verifique se o endereço dos sites visitados começam com o código https ou http.

Mantenha um antivírus instalado no seu dispositivo, e muito cuidado com as redes públicas de WiFi.


Compartilhe