Os aplicativos Linux mais populares de 2020, segundo a Canonical

Compartilhe

E quem disse que eu não escrevo sobre o Linux nesse blog?

2020 foi o ano em que eu mais falei de Linux no TargetHD.net. O chamado “novo normal” fez com que os usuários olhassem para o Linux com mais atenção e carinho, já que tiveram que retirar o velho computador ou notebook do armário para utilizar no home office.

E esse povo todo constatou que o computador ficou tanto tempo parado, que ele era inutilizável para o trabalho em 2020. Então, só restaram duas alternativas: ou comprar um computador novo, ou instalar o Linux no PC antigo, e seguir em frente.

Independente de qualquer mudança em nossas vidas, o Linux prosperou em 2020, e como estamos (finalmente) chegando no final desse ano caótico, chegou a hora de conhecer quais são os aplicativos mais populares entre os usuários desse sistema operacional, de acordo com a Canonical.

 

 

 

Os mais populares no Linux em 2020, segundo a Canonical

 

Em 2019, a Canonical iniciou uma nova tradição, apresentando ao público em geral os dados de uso de aplicativos Snap através de diferentes distribuições Linux disponíveis no mercado. Milhões de pacotes Snap são instalados todos os meses, o que faz desse pacote de apps um dos mais populares, tanto para os usuários como para os desenvolvedores, por conta das facilidades oferecidas para as duas pontas do processo.

Com o ano de 2020 chegando ao fim, a empresa responsável pelo Ubuntu decidiu publicar a nova lista do Top 5 dos aplicativos Snap mais populares de acordo com as diferentes distribuições analisadas (Arch Linux, CentOS, Debian, Fedora, Manjaro e Ubuntu).

E o resultado é unânime, considerando todas as plataformas analisadas: o usuário do Linux definitivamente não consegue viver sem o Spotify. O aplicativo de música via streaming ocupou a primeira posição do Top 5 em todas as distribuições analisadas do ano passado, e em 2020 volta a aparecer no topo de 4 em 5 plataformas.

 

 

 

Top 5 por distribuição

 

Os resultados de 2020:

Arch LinuxCentOSDebianFedoraManjaroUbuntu
spotifycertbotcertbotspotifyspotifyvlc
skypemicrok8ssnap-storediscordcodecode
discordlxdspotifypostmanskypespotify
codewekanpostmananboxzoom-clientcanonical-livepatch
anboxhelmcodecodediscordgimp

 

 

Os resultados de 2019, para comparação: 

Arch LinuxCentOSDebianFedoraManjaroUbuntu
spotifywekanspotifyspotifyspotifyvlc
codelxdlxdvlccodespotify
skypemicrok8sfirefoxcodeslackskype
discordspotifynextcloudpostmandiscordchromium
slackhelmpycharm-communityslackskypecanonical-livepatch

 

 

Chama a atenção que nas distribuições mais voltadas ao usuário comum, como são os casos do Ubuntu, Manjaro, Fedora e Arch, a lista do Top 5 é praticamente a mesma, com Skype, Slack e Discord fazendo parte da lista.

Entre os usuários do Manjaro, o Slack perdeu o seu posto de liderança para o Zoom, o aplicativo de chamadas de vídeo que se tornou muito popular por causa de tudo o que aconteceu nesse famigerado e anormal ano de 2020. Curiosamente, o aplicativo não entrou na lista dos cinco mais populares de nenhuma outra distribuição, e não encontro nesse momento uma explicação válida para isso.

De qualquer forma, os resultados deixam claro que as ferramentas de comunicação e entretenimento são as mais importantes para os usuários Linux de um modo geral, o que acaba não sendo algo tão diferente assim daquilo que encontramos em outras plataformas.

A Canonical também observa que a lista não inclui nenhum Snap que vem instalado como padrão em nenhuma distribuição mencionada na lista, o que também mostra que os usuários procuram personalizar as suas instalações do Linux tão logo as mesmas estejam concluídas no equipamento, em um comportamento muito próximo ao dos usuários de outros sistemas que decidem instalar os seus softwares por conta própria.

 

 

Via Ubuntu


Compartilhe