TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia Os 4 ataques mais comuns da internet contra as suas senhas (e como evitá-los) | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | Os 4 ataques mais comuns da internet contra as suas senhas (e como evitá-los)

Os 4 ataques mais comuns da internet contra as suas senhas (e como evitá-los)

Compartilhe

As senhas são um dos aspectos mais débeis da segurança cibernética, e um dos detalhes que precisam receber uma atenção máxima por parte do usuário. E eu sei que ninguém gosta de decorar senhas diferentes e complexas e, por causa disso, acabam escolhendo palavras ou sequências numéricas muito simples e vulneráveis.

De qualquer forma, estou aqui, mais uma vez, fazendo a minha parte e tentando ajudar a você, amigo leitor. Além de usar o bom senso em não instalar qualquer bobagem no smartphone e criar senhas fortes para os diferentes serviços, compreender os tipos de ataques mais comuns pode ajudar na prevenção contra essas ameaças.

Vamos destacar neste post os quatro principais tipos de ataques cibernéticos e como você pode se prevenir deles.

 

 

 

Ataque de força bruta

Esse tipo de ataque acontece quando muitas tentativas de acesso a uma rede são efetuadas em um curto espaço de tempo. Normalmente os criminosos utilizam enormes listas de senhas muito populares ou comprometidas.

A melhor forma para se prevenir de um ataque de força bruta é utilizar um sistema de autenticação em dois passos e adotar uma senha com pelo menos 20 caracteres (de preferência, use mais que isso), incluindo números, letras maiúsculas e minúsculas, além de caracteres especiais.

 

 

 

Phishing

O Phishing é um antigo método de ataque cibernético, que continua sendo muito popular e eficiente. Ele se vale da manipulação de vítimas que acabam realizando ações ou divulgando dados sensíveis através de uma primeira interação via e-mail ou SMS.

Para se prevenir deste tipo de ataque, é fundamental ser uma pessoa bem-informada, além de usar o bom senso e não sair clicando ou fornecendo dados para qualquer pessoa que entra em contato com você por meios eletrônicos.

Em caso de dúvida, desconfie. E ligue para o seu banco ou empresa para confirmar se aquele contato é legítimo (e muito provavelmente a resposta será NÃO).

 

 

 

Preenchimento de credenciais e dados de acesso

Esse tipo de golpe também é conhecido como Credential Stuffing, e é executado por um sistema automatizado que lança combinações de nomes de usuário e senhas roubadas no processo de início de sessão de serviços eletrônicos para assim tentar obter acesso às plataformas da vítima.

Para evitar ser vítima deste tipo de golpe, basta que você basicamente use as mesmas dicas para se esquivar dos ataques de força bruta: a autenticação em dois passos e a senha complexa para acesso ao serviço.

 

 

 

Reutilização de senhas

Estudos mostram que mais de 70% das pessoas que trabalham em alguma empresa acaba reutilizando as senhas de uso pessoal nos ambientes profissionais. E esse é um erro grosseiro, pois se uma senha for descoberta, outras contas ficam comprometidas.

O problema pode se tornar maior, pois se essa senha corporativa acabar em um banco de dados da deep web, as chances de toda a rede da sua empresa ficar vulnerável são consideráveis.

Neste caso, você pode fazer duas coisas para evitar o pior: usar um gestor de senhas competente (para gerar credenciais diferentes para atividades diferentes) e usar o bom senso para não misturar de forma alguma a sua vida pessoal da profissional. Especialmente nos aspectos de segurança dessas contas.


Compartilhe