Em 19 de junho de 1993, o FreeBSD foi criado, e o projeto completou 25 anos. De lá para cá, serviu bem para quem quis usar.

O dia 19 de junho é considerado o dia do FreeBSD para homenagear o legado pioneiro do projeto e seu impacto na tecnologia.

O FreeBSD foi desenvolvido na Universidade da Califórnia em Berkley, e foi utilizado por milhões de pessoas em todo o mundo. Era utilizado para ensinar conceitos de sistemas operacionais e plataforma de pesquisa nas universidades.

De fato, muito provavelmente você está utilizando pelo menos um código derivado do FreeBSD na sua vida cotidiana. Por exemplo, filmes na Netflix, conversas no WhatsApp e jogos do PlayStation 4.

O FreeBSD pode se modificar para satisfazer as necessidades do usuário, de forma gratuita e dentro dos lineamentos da licença.

O FreeBSD descende da Berkeley Software Distribution (BSD), que por sua vez descende diretamente do Unix. Outros derivados ilustres são NetBSD, OpenBSD e PCBSD (agora, TrueOS). A mais longeva de todas é a NetBSD.

Há várias derivações das derivações, mas tal e como acontece com o Linux, muitas foram abandonadas com o passar do tempo, ou servem propósitos específicos, tal e como informam os desenvolvedores do projeto.