Compartilhe

O Windows 10X foi criado pela Microsoft para gerenciar dispositivos com telas dobráveis, duas telas ou telas flexíveis. Estreia no Surface Neo, dispositivo que foi apresentado esta semana em Nova York. Nesse post, vamos mostrar os 10 pilares básicos do novos sistema operacional, que podem ser essenciais para o seu sucesso no mercado de tecnologia.

 

 

Os 10 pilares básicos do Windows 10X

1. O Windows 10X é a primeira versão do projeto Windows Core OS, desenvolvimento modular que se ajusta para satisfazer as necessidades de diferentes dispositivos.

2. Essa é uma versão do Windows com o nome de código Santorini, com código leve, simplificado e otimizado para dispositivos dobráveis e/ou com tela dupla, pronto para as novas tecnologias de telas flexíveis.

3. O Windows 10X estreia no Surface Neo, mas não será exclusivo da Microsoft. ASUS, Dell, HP e Lenovo vão apresentar dispositivos com tela dupla ou flexíveis baseados nesse sistema.

4. Tanto o Surface Neo como outros dispositivos com o mesmo sistema não chegarão ao mercado antes do natal de 2020. A Microsoft vai oferecer um SDK específico para o Windows 10X, detalhando o seu funcionamento na conferência para desenvolvedores BUILD da próxima primavera.

5. Windows 10X não estará disponível para o grande público, mas apenas por licença dos fabricantes OEM para pré-instalação em novos equipamentos.

 

 

6. Não sabemos se esse sistema ou uma variante estará presente em outros dispositivos que não sejam dobráveis ou flexíveis, como poderiam ser os notebooks básicos para competir com os Chromebooks.

7. (Em princípio), o Windows 10X vai funcionar com os processadores Intel Lakefield, uma CPU móvel híbrida com a nova tecnologia 3D Foveros da Intel, com cinco núcleos de processamento. Não sabemos se terá suporte para outros chips.

8. O Windows 10X vai executar aplicativos Win32 através de tecnologias de virtualização. Não sabemos qual será a perda de desempenho nesse caso. Também vai executar aplicativos universais UWP e os apps progressivos.

9. Os usuários poderão utilizar o sistema operacional sem curva de aprendizagem, onde o Windows 10X vai se comportar como o Windows 10 de forma natural.

10. Por outro lado, a interface muda bastante, ficando mais simples e sem as live tiles no menu iniciar, em uma proposta que deve chegar à versão padrão do Windows 10.

 

Devemos saber mais sobre o Windows 10X nos próximos meses, com todas as suas características e equipamentos suportados na próxima primavera, na conferência para desenvolvedores BUILD 2020. A nova versão pode ser essencial para o futuro do Windows e do software para todo o seu ecossistema.


Compartilhe