O “Uber dos Correios” para encomendas pode sim dar certo | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O “Uber dos Correios” para encomendas pode sim dar certo | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Notícias | O “Uber dos Correios” para encomendas pode sim dar certo

O “Uber dos Correios” para encomendas pode sim dar certo

Compartilhe

Qualquer coisa que resulte em entregas mais rápidas de produtos é algo muito bem vindo. Logo, os Correios by Uber pode dar certo sim. A estatal pretende seguir o modelo de negócios estabelecido pelo Uber Eats, Rappi, iFood e outros serviços de delivery, utilizando a parceria com empresas e usuários privados para o serviço de entrega de encomendas.

A ideia é reduzir os custos dos Correios, que tenta a todo custo ser uma empresa mais eficiente e economicamente viável. Além de entregas mais baratas, podemos ter entregas mais ágeis por causa da maior disponibilidade de pessoas para levar as encomendas para as ruas em diferentes horários.

Detalhes sobre os planos dos Correios para entregas compartilhadas não foram revelados, pois estão protegidos por um termo de confidencialidade. O que sabemos é que a parceria dos Correios seria com o setor privado que já atua em entregas compartilhadas, ou criar um novo serviço da estatal em parceria com essa empresa de entregas.

Isso torna o “Uber dos Correios” um pouco diferente do que estamos acostumados, uma vez que a ideia não é terceirizar o serviço ou contratar pessoas que não contam com vínculos com os Correios, mas sim otimizar a estrutura atual das entregas, adaptando a filosofia de entrega compartilhada ao seu modelo de negócios, fazendo com que a estrutura atual e seus funcionários se encaixem à proposta.

O projeto do “Uber dos Correios” está nas fases iniciais de desenvolvimento, e vai passar por estudos técnicos e de viabilidade econômica. Se passar por essa primeira fase, o serviço entra em testes em algumas cidades.

Outro objetivo dos Correios com essa iniciativa é enfrentar a concorrência no setor de entregas e encomendas, segmento que tem a presença de empresas como DirectLog, Transfolha, JadLog e outras. Por mais que a estatal ofereça preços mais competitivos em comparação às demais empresas, a qualidade do serviço caiu muito, e isso fez com que muitas empresas e usuários domésticos adotassem outras alternativas para garantir que suas encomendas serão entregues dentro do prazo previsto.

 

Via Tecnoblog, Folha


Compartilhe