Isso, você já sabia. Nesse post, só vamos apresentar os números.

Muitos de nós não nos lembramos da última vez que utilizamos uma câmera compacta, já que esse produto é vítima direta da proliferação e popularização dos smartphones.

Com o passar dos anos, a qualidade das câmeras dos smartphones aumentou de forma considerável, e hoje temos sensores muito potentes (alguns duplos) nos telefones, entregando resultados excelentes.

Isso fez com que as câmeras compactas fossem dispensadas. Os números reforçam isso: em 2011, foram 121 milhões de câmeras compactas distribuídas no mercado global; em 2017, foram apenas 25 milhões de unidades ofertadas no mercado.

Os dados oferecidos pelo CIPA (Associação de Produtos de Câmera e Imagem) mostram que, hoje, são vendidas cinco vezes menos câmeras compactas do que em 2010. Nessa associação, temos marcas como Olympus, Casio, Canon, Fujifilm, Sony ou Nikon.

Muitas das marcas entendem que o negócio das câmeras compactas está perto do fim. A Nikon chegou a cancelar a fabricação de suas compactas, se dedicando às câmeras DSLR top de linha, outra tendência de mercado muito forte.

Sem falar no fator preço.

O preço médio de uma câmera compacta aumentou consideravelmente, já que os fabricantes precisam manter o mercado girando. E, com as baixas vendas, os preços sobem.

Muito provavelmente nós, membros da geração conectada, nunca mais vamos investir nosso dinheiro em uma câmera compacta.

Por que carregar uma segunda câmera quando o nosso smartphone nos oferece uma qualidade fotográfica excelente? E só precisa de uma câmera dedicada quem quer fotos de maior qualidade e, ainda assim, vai escolher uma câmera profissional.

Antes, as fotos eram reveladas em papel. Hoje, compartilhamos as fotos nas redes sociais de forma direta, via WhatsApp, Facebook ou Instagram, algo que não é possível com tanta simplicidade nas câmeras compactas.

Ter as fotos no smartphone facilita (e muito) a vida. Mesmo que a gente queira revelar as imagens, há vários apps e serviços que oferecem essa possibilidade de forma rápida, ágil e direta. Sem falar que evitamos ter essas imagens espalhadas em várias pastas ou cartões.

Em resumo: #rip câmeras compactas.