Nesse momento, a Netflix conta com 3.274 horas de conteúdo. Esse é o tempo que você leva para ver todos os filmes, documentários e séries na plataforma, sem se levantar do sofá para comer, ir ao banheiro e outros. E sem dormir. Ou seja, tarefa humanamente impossível para uma pessoa normal.

Pois bem, Kinnari Naik, estudante da Universidade de Leicester, decidiu descobrir como uma pessoa pode ver tudo o que está na Netflix mas mantendo a qualidade de sua saúde na tentativa.

A menor quantidade de tempo que alguém pode levar para ver todo o catálogo digital da Netflix é de 236.5 dias, com um consumo diário de 13 horas, 50 minutos e 40 segundos de conteúdo por dia. O restante do tempo é utilizado para comer, beber, dormir, ir ao banheiro e tomar banho. E nada mais.

 

 

Como seria um dia na vida dos maratonistas com esse perfil?

– Três pausas de 30 minutos para comer (1h30)
– Quatro pausas de 10 minutos para beber 500 ml de água por descanso (40 minutos)
– Sete pausas de cinco minutos para ir ao banheiro (35 minutos)
– 15 minutos para tomar banho
– O restante do tempo é utilizado para dormir (430 minutos, ou pouco mais de 7 horas)

 

E isso, para completar o catálogo da Netflix no menor tempo possível, ou seja, em 8 meses, e de forma “saudável”. Nada de exercícios físicos, nada de socialização, nada de sair ao ar livre e, definitivamente, nenhum trabalho.

Ou seja, apenas um desempregado que não se preocupa em sair de casa nem para comprar comida pode fazer essa maratona, passando 58% do seu tempo assistindo a conteúdos da Netflix. E isso, se a plataforma não agregar nenhum conteúdo novo durante os 8 meses de maratona.

Porém, não é bem assim. Em 2017, a Netflix agregou 1.399 filmes, 658 séries de TV e 242 documentários aos seus serviços. E novos conteúdos são agregados todos os meses.

Em resumo: é humanamente impossível assistir a todo o conteúdo da Netflix. Inclusive se você dedicar integralmente a sua vida para essa missão.

 

+info