TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
O que você pode consertar no seu smartphone por conta própria (se tiver habilidades para isso) | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | O que você pode consertar no seu smartphone por conta própria (se tiver habilidades para isso)

O que você pode consertar no seu smartphone por conta própria (se tiver habilidades para isso)

Compartilhe

 

Deveria ser o direito de todo usuário de smartphone poder reparar o seu dispositivo por conta própria, desde que possua as habilidades necessárias para tal. Sei que este procedimento não está ao alcance de todos, mas ser refém da assistência técnica autorizada é algo pouco aceitável para quem entende do assunto.

Dito isso, vamos mostrar neste post o que pode (e o que não pode) ser reparado por conta própria no smartphone, o que você deve levar em consideração antes de tentar o procedimento e tudo o que é necessário para realizar o processo sem morrer na tentativa.

 

 

 

O que você pode reparar por conta própria

Vamos começar pelos elementos que podem ser reparados no smartphone por qualquer pessoa que possua os conhecimentos e ferramentas necessárias para a tarefa.

Começamos pela tela e parte traseira, pois essas peças podem ser encontradas em versões paralelas ou alternativas aos originais com relativa facilidade. Seu processo de desmontagem é relativamente simplificado, onde a tela tem conexão modular e a carcaça traseira é encaixada ou colada ao corpo do dispositivo.

A bateria é outro item que pode ser encontrado facilmente nos mercados paralelos, e sua substituição também depende da modularidade do dispositivo. A mesma regra vale para os módulos de câmera e alto-falantes: se você sabe trabalhar com solda, o processo de substituição desses elementos será algo relativamente simples de ser feito.

 

 

 

O que você NÃO pode reparar por conta própria

Nem todas as peças do smartphone são modulares.

Alguns dos componentes mais importantes do dispositivo são integrados à placa-mãe do telefone, como processador, RAM, GPU e diversos modos de conexão. Neste caso, não basta ter conhecimentos avançados em manutenção, mas sim ser um especialista no assunto e ter os equipamentos específicos para este tipo de reparo.

E, em via de regra, quando uma peça não modular dá problema em um smartphone, ou a placa-mãe é substituída por completo, ou o fabricante manda outro telefone para o usuário (caso a garantia de fábrica ainda esteja vigente).

 

 

 

O que você deve levar em consideração antes de tentar

Para concluir, antes mesmo de você seguir em frente na tentativa, leve em consideração os riscos que você está correndo ao realizar a reparação do telefone por conta própria.

Entendo que o principal efeito colateral dessa prática é a perda da garantia do produto.

Uma vez que você está abrindo o smartphone por conta própria, o fabricante não mais se responsabiliza por eventuais problemas que podem aparecer durante o processo de tentativa de reparação. Ou seja, você vai perder a garantia de fábrica.

Logo, só recomendamos a reparação por conta de qualquer produto de tecnologia para quem tem pleno conhecimento do que está fazendo. Não nos responsabilizamos por qualquer problema que algum leigo possa vir a ter por tentar consertar o telefone por conta própria.

No caso do iPhone, é possível verificar dentro do próprio smartphone qual é o status de garantia do telefone em mãos. Faça o seguinte:

  • Entre em Ajustes > Geral > Informações.
  • Aqui, verifique o item Cobertura, e se há uma indicação se ela está expirada.

Já nos smartphones Android, você terá que entrar em contato com o fabricante do dispositivo para verificar esse status de garantia.

 

 

 

As ferramentas necessárias para a reparação do smartphone

A boa notícia aqui é que esse tipo de kit de ferramentas para troca de tela e bateria do smartphone não é tão caro e pode ser encontrado com relativa facilidade.

Tudo bem, o kit mais completo que você pode adquirir é o oferecido pelo iFixit. Mas se você fizer uma busca no Mercado Livre, pode encontrar soluções similares com preços acessíveis.

Agora, se o reparo envolve elementos mais complexos como os sensores de câmera ou alto-falantes, vale a pena fazer uma ampla pesquisa sobre todas as ferramentas que você vai precisar antes de iniciar o procedimento. E certifique-se que tudo está a mão antes mesmo de tentar.

No final, tudo dá certo. O pior cenário possível é ter que comprar outro smartphone de qualquer maneira. Mas ao menos você teve a chance de tentar reparar o velho telefone.

Pense nisso.


Compartilhe