Alguns pais passam a vida publicando fotos dos seus filhos menores na internet, porque acham que isso é legal. Porém, não pensam nos perigos e consequências desse ato, como a exposição a crimes e a degradação da imagem do filho que um dia vai crescer e sentir vergonha alheia e humilhação daqueles momentos.

Nesse post, damos algumas dicas do que pode ser feito se os seus pais publicaram a sua infância em fotos e vídeos na internet, e você não quer esse nível de exposição online.

 

 

Não é uma tarefa fácil

 

É complicado entrar em contato com o Facebook ou o Google para pedir a retirada de fotos que violam a sua privacidade. Em compensação, existem vários formulários a preencher sobre o tema e, com alguma sorte, eles vão ver o seu pedido em algum momento.

O Facebook possui um formulário para retirar as suas fotos, enquanto que o Google também tem um formulário para retirar as suas imagens do buscador. E se os seus pais são youtubers, existe um terceiro formulário para retirar do YouTube os vídeos onde você aparece.

Isso mesmo. É o festival do formulário.

A melhor parte é que qualquer usuário pode pedir para a pessoa que aloja o conteúdo em uma determinada página que retire essa informação, pois é dessa maneira que o Google deixa de indexar aquele conteúdo. Se foram os pais que subiram a imagem, eles não vão querer retirar. Se não houver um entendimento entre pais e filhos, os formulários são o primeiro passo.

Porém, esse é um remédio para o problema de momento, e não uma solução para evitar que isso aconteça novamente. Um conteúdo será removido de forma específica, mas ali o dano já está feito uma vez que a imagem foi para a internet. Logo, o melhor mesmo é conscientizar tanto os pais quanto os filhos sobre formas responsáveis em usar a internet.

Em alguns países, já acontecem denúncias de filhos contra os pais pela exposição não autorizada, e alguns casos resultaram e multas. E muitos dos casos que chegam nos tribunais são resultantes das discussões entre os pais, e não dos filhos demandando os pais.

Também é preciso analisar a natureza do conteúdo, onde o filho precisa mostrar todas as formas que a exposição de sua imagem quando criança realizada pelos pais nas redes sociais afetou em nível pessoal a sua vida.

Nos próximos anos, quando os menores começarem a tomar consciência de todo o conteúdo compartilhado pelos seus pais, tais acusações serão mais frequentes. Um comentário ou uma foto, uma vez enviada para a internet, dificilmente será totalmente eliminada, e podem afetar tanto a vida pessoal como a profissional do indivíduo em questão.