TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O que é, e como funciona a Roda do Twitter | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | O que é, e como funciona a Roda do Twitter

O que é, e como funciona a Roda do Twitter

Compartilhe

O Twitter liberou o recurso de Círculos (no Brasil, Roda do Twitter) para todos os usuários. A funcionalidade oferece um maior controle dentro da plataforma, onde cada um pode escolher quem pode ver determinadas mensagens que você publicar na rede social.

A partir de agora, você pode enviar tweets com a opção Público (para todos os usuários), como também para um grupo menor de usuários, dentro de uma Roda do Twitter. Sabe aquela mensagem sobre política que os eleitores de um determinado candidato que faz pose de arminha não devem ler, ou os fãs de uma série que não se importam com spoilers? Então, o novo recurso existe para esses casos.

Neste artigo, vamos explicar melhor como vai funcionar a Roda do Twitter, e como você pode habilitar o recurso em sua conta nas redes sociais.

 

Como funciona a Roda do Twitter

Se você é um dos usuários que não participou do período de testes do Círculos e está ansioso para ver o novo recurso funcionando em sua conta no Twitter, eu recomendo desde já que você segure a onda e procure ter um pouco mais de paciência.

O recurso de Roda do Twitter está em processo de lançamento gradual em todo o planeta. A nova funcionalidade está disponível para o Android, iOS e na web, via Twitter.com. Não há informações se o recurso vai funcionar em plataformas alternativas como o TweetDeck, mas vamos manter você informados se isso acontecer.

Pelo menos na minha conta, o Roda do Twitter está ativo, o que indica que o serviço já está habilitado no Brasil e, muito provavelmente, deve estar ativo na sua conta na rede social do passarinho azul. Mas se a função não estiver disponível, basta esperar mais um pouco.

Usar o Círculos no Twitter é algo bem simples. A partir de qualquer uma das plataformas compatíveis com o recurso e mencionadas no parágrafo anterior, basta escolher a opção de escrever um novo Tweet, e se a funcionalidade já está ativa em sua conta, uma nova janela emergente vai aparecer, convidando você a utilizar a Roda do Twitter.

Ou se você utiliza uma versão “instalada” do Twitter no seu computador (é o meu caso, aproveitando uma versão que nada mais é do que um atalho da página web da rede social), no campo da nova mensagem, onde está indicada a opção Qualquer Pessoa, é só clicar nela para aparecer a opção Roda do Twitter.

Ao selecionar o novo item, basta redigir a mensagem normalmente. Ou você pode preparar o Tweet e, depois, selecionar qual é a audiência que poderá ler o conteúdo. Você pode escolher todos os usuários que vão ler a mensagem e, se quiser, editar esse grupo de pessoas em um momento posterior.

 

A Roda do Twitter possui algum limite?

Sim. E precisa ter limites. Caso contrário, vira bagunça.

Você pode adicionar até 150 pessoas que poderão ler uma mensagem dentro da Roda do Twitter. No meio do caminho, você pode adicionar ou remover pessoas que poderão ler este conteúdo a qualquer momento, e nenhuma das pessoas envolvidas neste processo serão notificadas sobre a sua decisão.

Por outro lado, a pessoa que vai receber a mensagem vai ler a seguinte legenda: “Apenas as pessoas na Roda de @nomedousuario poderão ver esse Tweet” e, dessa forma, aqueles que vão receber a mensagem ficarão sabendo que estão participando desse círculo de usuários selecionados.

O recurso pode ser uma novidade no Twitter, mas muitos entendem que, na prática, não chega a ser uma novidade inovadora. É uma funcionalidade cujo efeito prático lembra (e muito) a lista de melhores amigos que está presente no Instagram.

Por outro lado, não podemos tirar o mérito do Twitter em pelo menos tentar sair do lugar comum, oferecendo ferramentas que tornam a interação nas comunicações mais personalizada e, de certo modo, exclusiva para os usuários.

De qualquer forma, é o tipo de recurso que tende a agradar um grande grupo de usuários, pois ele pode ser útil nos mais diferentes campos. É uma funcionalidade que complementa muito bem algumas funções interessantes na plataforma, como o bloqueio de respostas de um tweet a uma pessoa que você está seguindo ou que foi mencionada de forma explícita.

Aliás, é mais um recurso que tem como objetivo indireto perseguir e eliminar os discursos de ódio que o próprio Twitter gera em algumas pessoas mais irracionais.

Ou seja, podemos dizer que temos diferentes ganhos com essa e outras novidades implementadas na plataforma.


Compartilhe