Wetten.com Brasil Apostas
Home » Dicas, Truques e Macetes » O que considerar antes de comprar um smartwatch?

O que considerar antes de comprar um smartwatch?

Compartilhe

Você entende que chegou a hora de ter o seu smartwatch ou relógio inteligente, mas não sabe por onde começar, certo? Se é esse o seu caso, este post pode ajudar.

Vamos listar nesse artigo quais são os itens que você deve levar em consideração antes de comprar um relógio inteligente para chamar de seu. Ao considerar tais características, as chances de você adquirir o produto que melhor atende as suas necessidades são enormes.

Não vamos falar das especificações técnicas dos produtos de forma fria e simples, mas das características que você deve observar antes de fazer a sua escolha.

 

 

 

Em primeiro lugar… smartwatch ou pulseira de atividades?

 

 

Isso é mais importante do que você imagina, pois dependendo do seu perfil de uso, você sequer vai precisar de um relógio inteligente. Se tudo o que você quer é monitorizar as suas atividades físicas, uma smartband pode ser o suficiente. Mas se você quer ir um pouco além, como obter dados de deslocamento, reprodução musical e conectividade com o smartphone, o smartwatch pode valer mais a pena.

 

 

 

Design e materiais

 

 

Relógios redondos ou quadrados (e até que acompanham a curva do pulso) são alguns dos formatos de relógios inteligentes que podem ser encontrados no mercado. Aqui, é uma questão de gosto e preferência: escolha o design que seja do seu agrado. No caso dos materiais, aqui é importante escolher algo alinhado com a sua necessidade: se você vai usar o relógio de forma mais esportiva, opte por materiais que suportam a água e o suor; se você vai utilizar o smartwatch no dia a dia, pode escolher materiais mais nobres.

 

 

 

Tamanho, tipo e formato da tela

 

 

Está diretamente alinhado com o item anterior. Ter uma tela maior resulta em uma experiência de uso melhor, mas tudo depende das suas aspirações com o produto. Opte por telas cujo material permite uma boa visualização em locais com boa luminosidade ou sob a luz do sol. E o formato da tela também fica a seu gosto, dependendo de suas necessidades.

 

 

 

Software e ecossistema

 

 

Aqui, temos um ponto muito importante. O Apple Watch não é apenas o mais vendido por ser um ótimo produto, mas principalmente porque tem todo um ecossistema de produtos que conversam muito bem com ele. Se você optar por um relógio com o sistema do Google (Android), a experiência de uso pode ficar prejudicada. O Tizen OS da Samsung também entrega uma ótima integração com os dispositivos da marca e os smartwatches da Xiaomi e suas demais marcas associadas também entregam uma boa experiência de uso com telefones com Android e iOS.

 

 

 

Hardware: RAM, processador e armazenamento

 

 

Assim como você faz quando você decide comprar um smartphone novo, é importante procurar pelas melhores especificações técnicas possíveis para o seu relógio inteligente. Por outro lado, esse não é o principal fator para obter uma boa experiência de uso: vários modelos disponíveis no mercado contam com especificações mais modestas, mas com uma excelente otimização de hardware e software. Vale a pena ver reviews e ler opiniões de outros usuários antes de tomar uma decisão nesse sentido.

 

 

 

Autonomia de bateria

 

 

Esse é o grande calcanhar de Aquiles dentro do segmento de relógios inteligentes. Alguns dos melhores modelos do mercado só entregam 24 horas de autonomia de uso, enquanto que outros dispositivos menos famosos podem entregar um tempo de uso muito maior. É recomendado que você procure um equilíbrio de todos os elementos previamente mencionados neste artigo com a autonomia de bateria, principalmente pensando nas suas atividades diárias ou esportivas. Esse fator é muito importante para a melhor experiência de uso com o dispositivo.

 

 

 

Cuidando da saúde e das atividades esportivas

 

 

Lembra no começo quando eu disse que, se você só quer monitorizar suas atividades, uma smartband é o bastante? Pois é… para os dois itens neste segmento, o smartwatch é o mais recomendado. Os recursos para os cuidados da saúde e monitorização de atividades esportivas são muito maiores nos relógios inteligentes, e na hora de escolher o produto para chamar de seu, procure sempre o produto mais completo possível, com o maior número de itens quantificadores.

 

 

 

Ele pode fazer e receber chamadas?

 

 

Esse é o elemento chave para que um relógio inteligente possa substituir o smartphone a ponto de você carregar apenas o relógio nas suas rotinas diárias de exercícios. Com esse item, o smartwatch vai custar mais caro. Em compensação, você recebe uma liberdade ainda maior, melhorando consideravelmente a sua experiência de uso com o produto.

 

 

 

NFC, para o relógio substituir a carteira

 

 

Muita gente já está deixando a carteira em casa para realizar os pagamentos através do smartphone. Então, nada mais justo que o seu relógio inteligente faça o mesmo, realizando os pagamentos por aproximação via NFC. Praticidade, modernidade e segurança são as virtudes que esse sistema oferece. Se puder, dê uma certa ênfase nesse aspecto, pois pode fazer a diferença para uma melhor relação com o produto como um todo.

 

 

 

Personalização

 

 

Procure pelo relógio inteligente que permite o maior nível de customização possível. Modificação de esferas, acessórios, pulseiras e outros elementos que deixam o smartwatch com a sua cara. Esse detalhe também foi um dos que mais contribuíram para o sucesso do produto no mercado de grande consumo.

 

 

 

Conclusão

 

 

Apresentamos de forma resumida quais são os detalhes que você mais deve ter em mente na hora de comprar um relógio inteligente que melhor deve atender as suas necessidades. O melhor smartwatch que você pode comprar é aquele que melhor responde ao que você procura no produto, e não necessariamente o mais caro. Saiba investir o seu dinheiro com inteligência, e compre aquele produto que melhor vai atender as suas demandas diárias.


Compartilhe