Compartilhe

O universo de Game of Thrones tem as suas peculiaridades. Algumas delas não seriam muito bem vindas para algumas pessoas, como famílias que disputam na base da espada determinados territórios. Porém, há algo fundamental que nos diferencia: a duração das estações.

Em Game of Thrones, as estações do ano podem durar anos. O tempo pode variar para cada ciclo, mas cada estação oposta dura o mesmo que a outra. Ou seja, um verão dura cinco anos, e o inverno também dura cinco anos. Aliás, é possível medir a maturidade da pessoa dependendo de quantos invernos ela viveu.

Tudo isso que estamos teorizando aconteceu nem uma obra de ficção. Agora, o que acontece se essa realidade entra em contato com o mundo real? Como seria o mundo com estações do ano tão longas?

O professor Christopher Waleck da Universidade de Albany (EUA) decidiu responder as suas próprias postagem. Muito do que ele é se vale da teoria sobre o que aconteceria com o nosso mundo se ele tivesse invernos tão longos como em Game of Thrones.

 

 

As consequências

 

 

O efeito das estações do ano dependem da inclinação do planeta em relação ao sol. Para ter um efeito similar em Game of Thrones, o que era possível era um maior distanciamento do astro rei, o deixar de orbitar em torno dele em fevereiro. E foi aqui que entrou a segunda possibilidade.

O hemisfério norte nos dias atuais continuam a ser extremamente curtos e as noites mais longas. Além disso, existiria uma grande frequência de tormentas de neve. Isso, somando ao longo inverno, acaba provocando algumas enormes acumulações de neve.

Mas o mais chamativo seria mesmo as fortes mudanças no ecossistema. Árvores que não podem mais florir na primavera, e as mudanças afetariam toda a cadena alimentícia. Espécies seriam extintas sem o alimento de outras espécies.

Certas espécies de animais adaptam os seus corpos para resistir um inverno de vários meses. Isso acontece com sapos e tartarugas, que reduzem o seu ritmo metabólico para que não sintam a necessidade de comer, ficando ativos por mais algum tempo, mas não para sempre. Eles acabariam morrendo de fome ou acumulação de dejetos tóxicos por inatividade durante o inverno. E, lamento, mas hibernar por anos não seria possível dessa forma.

Cidades como Nova York terminariam embaixo de uma grossa capa de gelo. Provavelmente os seres humanos teriam que defender mais da caça ao não contar com meios para cultivar.

Poderíamos sobreviver em um ambiente assim? Talvez só com esses fatos devemos respeitar mais os possíveis sobreviventes de Game of Thrones.


Compartilhe