Compartilhe

Escolher a refrigeração para o seu computador pode ser algo fundamental para prolongar a vida útil do equipamento, dependendo da finalidade que você vai dar para o mesmo. Um ou mais ventiladores, dissipador à água ou refrigeração a ar, o mais importante é deixar tudo em temperaturas aceitáveis para um melhor desempenho.

A refrigeração líquida está ganhando popularidade nos últimos anos. Radiadores tendem a dissipar muito mais calor e são mais eficientes, pois os ventiladores não precisam girar tão rápido, o que reduz o ruído. É um método mais pensado nos profissionais, mas alguns lançamentos recentes são de fácil instalação e desempenho aceitável para usuários domésticos.

Agora, e se você puder somar o melhor de todos os mundos? O youtuber Major Hardware decidiu fazer algo que seria uma aparente estupidez para qualquer um de nós, mas para quem manja do assunto, é adrenalina pura: usar os dois sistemas de dissipação ao mesmo tempo. Só para ver no que vai dar.

 

 

Ele simplesmente colocou um dissipador em um receptáculo de refrigeração líquida, e no lugar de conectar ventiladores ao dissipador para que ele expulse o ar quente, o líquido que está ao redor do dissipador se aquece e leva o calor por um tubo de saída. Normalmente é usado um bloco na refrigeração líquida, e esse bloco é o que faz o contato com o processador, para transferir o calor ao líquido.

O processo de criação foi problemático. Afinal de contas, estamos falando de líquido em cima do computador. Nos testes, ele não usou um radiador, mas conectou uma bomba de água em um receptáculo com água gelada. Sem ele fazer nada, as temperaturas em idle caíram até os 30 graus Célsius, enquanto que em teste de estresse se manteve em apenas 44 graus Célsius.

É claro que o mais interessante seria saber como funcionaria tudo isso com um radiador normal, mas como experimento isso é mais que suficiente para nos darmos conta de todo o potencial do sistema. Quem sabe essa pode ser uma nova tendência no segmento de PCs para gaming? O futuro é incerto, minha gente. Não podemos duvidar de mais nada.

 

 

Via PC Gamer


Compartilhe