TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O que acontece com o Office offline com a chegada do Microsoft 365? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Dicas, Truques e Macetes | O que acontece com o Office offline com a chegada do Microsoft 365?

O que acontece com o Office offline com a chegada do Microsoft 365?

Compartilhe

A Microsoft decidiu acabar com o Office. Ou melhor, para muitas das plataformas relacionadas com o pacote de escritório da gigante de Mountain View, ele vai passar por uma reformulação de design e um rebranding, adotando de vez o nome Microsoft 365.

Para muitos usuários, essa mudança já é efetiva. Quem tem o plano de assinatura do pacote de escritório já tinha contato com o Microsoft 365 a algum tempo. Mas muitos usuários ainda usam o Office offline, e estão na dúvida sobre o que vai acontecer a partir de agora.

Neste artigo, vamos esclarecer o que acontecerá com o Microsoft Office offline depois do fim do Office.

 

O que acontece com o Office offline?

O Microsoft Office foi o padrão do pacote de softwares de escritório da gigante de Redmond desde 1989. Seus principais aplicativos são o Word, o Excel e o PowerPoint, e é estimado que mais de 1 bilhão de pessoas utiliza esses softwares todos os dias ao redor do mundo. Essa história fez com que esse se tornasse o pacote de software mais conhecido e utilizado do mundo.

Logo, a mudança de marca e reformulação do aplicativo como um todo marcam um ponto final em uma história que tem mais de 30 anos. Ou seja, essa não é uma das tarefas mais fáceis para a própria Microsoft, que faz uma mudança acertada para reforço da própria marca junto ao grande público. Por outro lado, quem usa o Office já o conhece há muito tempo, e se a mudança não for bem-feita, isso pode causar uma certa confusão nos mais leigos e distraídos.

Dito isso, é importante entender que, a partir de novembro, a Microsoft vai oferecer apenas um Office: o Microsoft 365. Para quem usa neste momento o Office 365, a principal mudança em um primeiro momento é no nome, com nenhum impacto na sua conta, perfil, assinaturas ou arquivos.

O Microsoft 365 será o ponto de partida do usuário para acessar as ferramentas já existentes em todas as plataformas, tanto para o Windows como para o macOS. O novo aplicativo estará disponível na web, na Windows Store e via Google Play e App Store.

 

Novos conteúdos disponíveis

As outras mudanças chegarão aos usuários com o passar do tempo, de forma gradual. Novos tipos de criação de conteúdo e planilhas, novo módulo de aplicativos e a possibilidade de conectar as ferramentas mais úteis estarão disponíveis nos próximos meses para todo mundo.

Todos os usuários vão receber o recurso Meu Conteúdo, uma função que só estava disponível para os clientes empresariais do antigo Office. E a notícia mais importante para quem usa até hoje o pacote de escritório em modo offline é: ele não vai desaparecer por completo.

Todos que usam o Office sem depender de uma conexão com a internet vai continuar a ter acesso aos principais aplicativos do pacote de escritório, como sempre aconteceu. Ou seja, você não perde o acesso ao Word, Excel, PowerPoint e Outlook, e ainda tem a opção de comprar todos eles na última versão disponível do Office 2021.

Por outro lado, o Microsoft 365 será mais flexível, com mais aplicativos e recursos. Ele vai abrigar os seguintes softwares:

  • Teams
  • Word
  • Excel
  • PowerPoint
  • Outlook
  • Loop
  • Clipchamp
  • Designer

Esse pacote de aplicativos vai funcionar na web, no computador ou nos dispositivos móveis, com tudo devidamente sincronizado, o que vai facilitar o fluxo de trabalho em diferentes dispositivos e em grupos de trabalho.

Se você comprou o Microsoft Office no passado e hoje não utiliza o pacote de escritório por qualquer motivo, muito provavelmente as novas funções não serão adicionadas a essa versão. Neste caso, a sua alternativa é investir dinheiro na assinatura do Microsoft 365 para se atualizar e receber os novos programas que podem ajudar no seu trabalho ou estudo.

 

Conclusão

A Microsoft decidiu acabar com a era Office para implementar o Microsoft 365 em nossas vidas, e ao menos demonstra fazer um esforço em não deixar nenhum usuário abandonado neste processo. Por isso, os usuários antigos do Office poderão utilizar os programas de escritório sem maiores problemas.

É claro que a mudança não passa apenas pelo nome do pacote de escritório. A Microsoft já indicou que novos recursos e programas desembarcarão no Microsoft 365, e essas novidades devem marcar uma natural diferenciação na experiência de uso entre quem abraçou o novo e quem permaneceu no software antigo. E a esperança da gigante de Redmond é que gradualmente os usuários adotem o novo software.

Sem falar que nada é eterno nessa vida, e que os softwares antigos um dia deixarão de receber atualizações.

A boa notícia aqui é que, durante um tempo, quem ainda usa o Office offline poderá seguir com sua vida normalmente, e até se preparar para uma eventual migração para o Microsoft 365 ou até mesmo buscar uma alternativa (quem sabe, de graça) para outro software que vai atender melhor aos anseios daqueles que não querem se preocupar em pagar para utilizar programas similares.


Compartilhe