A Google está envolvida em uma quantidade enorme de casos de assédio laboral e sexual nos interiores da empresa. O caso envovlendo Andy Rubin (o pai do Android) foi apenas a ponta de um iceberg e a gota d’água que transbordou o copop.

Com o passar dos dias, mais e mais antecedentes foram revelados, onde a realidade injustificável é clara: dentro da Google havia um sério problema de assédio. E seus funcionários decidiram armar um protesto global para denunciar o que está errado.

Hoje, 1 de novembro de 2018, mais de 1.500 funcionários da Google ao redor do mundo decidiram protestar para dar visibilidade a este problema. Os porta-vozes do movimento defendem que seus funcionários não querem sentir essa desigualdade e agressão contra suas respectivas individualidades. Os protestantes afirmam que a Google sequer está cumprindo com os conceitos básicos de respeito, justiça e equidade para cada funcionário.

 

 

Seis pontos essenciais de mudança

 

A Google Walkout for Real Change exige seis pontos essenciais para garantir a segurança de seus funcionários:

1. Acabar com a arbitragem forçada em casos de hostilidade e discriminação;
2. Estabelecer um compromisso real para acabar com a desigualdade salarial e de oportunidades;
3. Gerar um relatório de transparência sobre assédio sexual, e que o mesmo seja divulgado publicamente;
4. Criar um processo claro, uniforme e inclusivo a nível global para denunciar a conduta sexual inapropriada de forma segura e anônima;
5. Ascender ao Diretor de Diversidade para que ele responda diretamente ao CEO da Google e fazer recomendações diretamente à junta diretiva;
6. Nomear um representante dos funcionários no conselho diretivo.

 

Esse protesto é um feito sem precedentes para a Google. Ao longo do dia, os escritórios corporativos da Google ao redor do mundo ficaram desalojados para realizar o protesto.

E tudo isso deixa um recado bem claro para a Google: passou da hora para acontecer uma mudança interna na empresa para que tais necessidades sejam cobertas de forma eficiente.

 

+info