O perigo do Facebook querer o seu sistema operacional | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O perigo do Facebook querer o seu sistema operacional | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | O perigo do Facebook querer o seu sistema operacional

O perigo do Facebook querer o seu sistema operacional

Compartilhe

O Facbeook quer o seu sistema operacional. Ou melhor, “quer garantir que a próxima geração (de dispositivos) tenha espaço para nós. Não acreditamos que podemos confiar no mercado ou nos competidores para garantir que assim seja. Logo, faremos nós mesmos”.

O que isso quer dizer exatamente?

Quer dizer que o Facebook quer ter um maior controle de gestão de software nos dispositivos e também uma forma mais “orgânica” (por assim dizer) para coletar dados. Sim, amigo leitor: não vamos aqui esconder o que Mark Zuckerberg realmente quer. Porque você merece saber a verdade.

Quem fez a declaração sobre o desejo do Facebook em ter o seu sistema operacional foi Andrew Bosworth, responsável pela divisão de hardware na empresa. Vale a pena lembrar que, nesse momento, tanto os dispositivos Oculos como o Facebook Portal funcionam com uma versão modificada do Android. Diante disso, Ficus Kirkpatrick, um dos responsáveis pelo departamento de Realidade Aumentada e Realidade Virtual da empresa, mencionou que “é possível” que o seu futuro hardware não mais dependa de um software do Google, o que reforça a ideia que Mark Zuckerberg e sua turma estão desenvolvendo o seu próprio sistema operacional.

 

 

Facebook desenvolvendo hardware e software

Agora, some essas declarações ao fato que o Facebook acabou de contratar Mark Lucovsky, veterano com anos de Microsoft nas costas e co-autor do Windows NT, que vai assumir o posto de ‘gerente geral de sistemas operacionais’, e você já pode começar a pensar no que virá para o futuro.

São sinais claros que o Facebook pelo menos está tentando desenvolver um sistema operacional para o seu hardware chamar de seu, deixando de lado um pouco a dependência que existe nesse momento do Google e do Android.

Esse seu suposto sistema operacional não apenas seria compatível para os dispositivos Oculus e Portal, mas também para a futura linha de óculos de realidade aumentada que o Facebook supostamente está trabalhando, com o nome Orion e que tem lançamento programado para 2023.

Não só isso.

O Facebook quer adotar uma estratégia parecida com a da Apple, fabricando o seu hardware com um software otimizado. Para isso, a empresa estaria desenvolvendo o seu próprio chip para os seus dispositivos, assim como um novo assistente virtual.

Não seria a primeira vez que o Facebook tenta criar um sistema operacional cujo software é centrado nos seus serviços. Em 2013, fechou uma parceria com a HTC para lançar o HTC First, smartphone com Facebook Home, uma capa de personalização cheia de aplicativos da rede social de Mark Zuckerberg. Essa tentantiva nunca foi aquilo que se esperava dela, e acabou morrendo com relativa rapidez.

 

 

Você cofiaria em um sistema operacional do Facebook?

Considerando o histórico recente com vazamentos, brechas de segurança e vendas de dados para terceiros, a última coisa que você poderia querer era ter um dispositivo cujo sistema operacional é assinado pelo Facebook. A quantidade de informações que esse software iria gerenciar seria algo absurdo, e as chances da sua privacidade ir para o espaço são enormes.

Eu posso estar me pronunciando como um verdadeiro profeta do apocalipse, ou comprovando que minha mente está bem perturbada com tantas teorias da conspiração. Mas dante dos fatos mais recentes, eu mesmo não acho nenhum absurdo.

É só fazer as contas. Portal + RA + RV + Oculus… só aí temos uma quantidade enorme de dados que podem ser coletados de forma descontrolada com um sistema operacional do Facebook. E se esse futuro software ir para os smartphones, o estrago pode ser ainda maior.

Sem ser pessimista, mas… vamos olhar com cuidado para essa possibilidade. Se você acha ruim o Google monitorando e obtendo os seus dados, é de se acreditar que o cenário com o Facebook será consideravelmente pior se não houver o devido controle de tudo isso.

O tempo vai dizer. Como sempre (e ele sempre diz).

 

Via The Information


Compartilhe