Faltando menos de um mês para o fim de 2018, as principais gigantes tecnológicas já apresentaram os seus modelos top de linha. Exceto por alguma surpresa, chegou a hora de apresentar os melhores smartphones do ano.

 

 

Huawei P20 Pro

 

 

Não é perfeito, mas tem câmeras excelentes, além de uma autonomia de bateria de outro planeta. Com foi lançado no primeiro semestre de 2018, pode custar menos que a concorrência. É um trabalho excepcional da marca que aspira o topo do mercado. Mais difícil de ser encontrado no Brasil, e pode ficar ainda pior com as novas regras da Anatel. É melhor você se apressar.

 

 

iPhone XS

 

 

Não tem o hardware de ponta comparado aos melhores smartphones Android do Mercado, mas é o que melhor se adapta à forma de uso dos fãs da Apple. Tem uma câmera melhor que a do iPhone X, um processador Apple A12 Bionic muito competente e apresenta maior maturidade em relação à geração anterior. Sua tela OLED é outro diferencial a ser considerado.

 

 

Xiaomi Pocophone F1

 

 

A grande surpresa de 2018. Um smartphone top de linha com preço de dispositivo de linha média, oferecendo um hardware robusto trabalhando com um software limpo e uma excelente relação custo-benefício. Tudo bem, ele deixa de lado alguns itens que estão presentes nos modelos top de linha, como a tela ou o NFC, mas são itens dispensáveis para o seu público alvo. Compre, antes que a Anatel acabe com a sua brincadeira de importar smartphones com preços atraentes.

 

 

Google Pixel 3 XL

 

 

O Google Pixel 3 XL pode não ser perfeito, mas tem uma câmera impressionante (e é apenas uma câmera, e não duas, três ou nove). Sua tela OLED está melhor, o áudio é excelente e o sistema operacional está voando. O notch gigantesco e a bateria não tão duradoura pode incomodar um pouco. Mas todo o resto o coloca em um patamar superior em comparação com a maioria dos dispositivos disponíveis no mercado.

 

 

Huawei Mate 20 Pro

 

 

Talvez não esteja na liderança da lista dos smartphones mais potentes do mercado, mas o Kirin 980 é potente o suficiente para encarar a concorrência. O sistema de câmera tripla desse modelo é muito competente, A versatilidade oferecida por este equipamento justifica a sua inclusão nessa lista.

 

 

Samsung Galaxy Note 9

 

 

Para muitos, é o golpe na mesa de 2018. Um smartphone que não peca no design, conta com câmeras excelentes, e um hardware que, se penaliza por um lado, ainda é o melhor que você pode encontrar no mercado nesse momento. Sem falar na S-Pen que melhorou nas funcionalidades, e pode ser bem útil para aqueles que souberem aproveitar das suas características.

 

 

Menções honrosas

Alguns modelos de 2018 ofereceram propostas diferenciadas que, apesar não entregarem o hardware top de linha, ainda assim merecem estar na lista dos melhores do ano.

 

 

Xiaomi Mi 8

 

 

Desse modelo, destaco a relação custo/benefício e o seu sistema de reconhecimento facial. É um smartphone muito bonito, com bom material de construção e um preço realmente excelente, considerando tudo o que oferece.

 

 

OnePlus 6T

 

 

Sem fazer muito barulho, o modelo concentra muito do que um usuário pode pedir a um telefone se não busca nada muito específico. Um bom design, leitor de digitais abaixo da tela, um sistema operacional que equilibra tudo e um preço competitivo em relação aos seus rivais diretos.

 

 

iPhone XS Max

 

 

É (talvez) o melhor trabalho da Apple na construção, desempenho, tamanho e design. Segue a linha de design do iPhone X, e entrega um desempenho que está dentro do esperado por aqueles que vão pagar caro para um dispositivo premium. É o melhor iPhone que a Apple já fabricou. Mais que recomendado para os fãs da Apple.

 

 

Xiaomi Mi A2

 

 

Se transformou por méritos próprios no smartphone mais equilibrado na relação custo/benefício. Provou de novo (o modelo anterior alcançou o mesmo efeito) que não precisamos gastar mais para ter um dispositivo com câmera dupla, processador e bateria excelentes, além do leitor de digitais e o Android One. É, talvez, o melhor smartphone de linha média do mercado.