O Mega está bloqueado para você? Para mim, ainda não! | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O Mega está bloqueado para você? Para mim, ainda não! | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | O Mega está bloqueado para você? Para mim, ainda não!

O Mega está bloqueado para você? Para mim, ainda não!

Compartilhe

Não vamos fingir que não sabemos de nada, ou que jamais utilizamos o serviço para fins altamente suspeitos ou de procedência nebulosa. Muitos de nós (para não dizer todos que estão por dentro dos paranauês de tecnologia) sabem que o Mega nasceu do Megaupload, cuja propriedade era de Kim Dotcom (um dos nomes mais legais do mundo da tecnologia), e herdou por tabela as práticas de armazenamento e distribuição de conteúdos protegidos por direitos autorais.

O Megaupload era o paraíso dos downloads dos fãs incondicionais de séries, especialmente no caso dos fãs de Lost. Era a plataforma mais utilizada por eles e por outros grupos que armazenavam e consumiam os conteúdos de filmes, séries de TV e músicas.

Atire a primeira queda quem nunca usou o Megaupload para essas finalidades.

E parece que o Mega, serviço criado em 2013 por Dotcom e teoricamente legal e limpo de qualquer filosofia pirata (na teoria) herdou a má fama do irmão mais velho. Tanto na prática de upload de arquivos e conteúdos de mídia como diante dos órgãos reguladores, que não conseguem ver o serviço com bons olhos.

 

 

A polêmica no Brasil

O Tribunal de Justiça de São Paulo determinou no começo de setembro que as principais operadoras de telecomunicações brasileiras impedissem o acesso a dez endereços web que supostamente violavam direitos autoriais. Nesse pacote (que contém os domínios alfastream.cc, akugyash.com, centrelinguistique.com, oload.tv, verystream.net, fembed.net, ruvid.nl, clipwatching.com e videoshare.club), entrou o Mega (mega.nz).

Na verdade, já existia um bloqueio a esses sites. Ele só terá que ser ampliado. A autora da ação judicial é a Associação Brasileira de TV por Assinatura (ABTA), e acusa os sites de distribuir e facilitar o acesso a conteúdos protegidos por direitos de autor, adotando novas técnicas para burlar os bloqueios realizados pelos provedores de acesso.

De novo: o Mega pode até não disponibilizar o conteúdo, mas não faz nada para retirá-lo de lá, pois entende que não pode se meter na liberdade de escolha do cliente, e não vê problemas na distribuição desse tipo de conteúdo.

Porém, ao que tudo indica, o novo bloqueio ainda não está funcionando conforme esperado pela ABTA.

 

 

O Mega ainda está no ar no Brasil… ainda…

Tanto na versão web como através do seu aplicativo, o Mega continua funcionando (pelo menos para mim, morador da cidade de Florianópolis, SC, e usuário da operadora Claro). Mas saiba que ainda é possível utilizar o serviço através do seu aplicativo oficial, independente da operadora em uso.

Sem falar que existem outras formas de acessar o serviço sem maiores problemas e sem infringir a lei. Você pode optar pelo uso de uma VPN no caso de bloqueio por IP , ou optar pelo OpenDNS para o bloqueio por DNS.

De qualquer forma, o Mega ainda está funcionando. Não vou aqui discutir sobre a validade ou utilidade do bloqueio. Meu conselho? COmo o futuro é incerto, recomendo que você no mínimo faça um backup dos seus dados do Mega para outra plataforma. O futuro é incerto, e vai que o bloqueio se torna efetivo e prático.

Você não quer perder os seus arquivos pela força da lei, certo?


Compartilhe