TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O ícone de bateria do iOS 16 “está mentindo”? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Software | O ícone de bateria do iOS 16 “está mentindo”?

O ícone de bateria do iOS 16 “está mentindo”?

Compartilhe

O iOS 16 beta 5 apresentado pela Apple trouxe como principal novidade a exibição da porcentagem de bateria no iPhone, e caberá ao usuário decidir se quer ou não essa informação na tela do telefone (desde que o modelo seja compatível).

Hoje, o usuário do iPhone que quer saber o quanto de bateria ainda resta no smartphone precisa recorrer a um widget na tela, e a remoção da informação dessa porcentagem de autonomia logo de cara saiu do iOS em 2018, ano que a Apple reduziu as telas dos seus dispositivos com o notch.

Pois bem, o que a nova beta do iOS dá a entender que é uma grande novidade é, na prática, motivos de dor de cabeça para muitos usuários que estão testando o recurso nos últimos dias.

 

 

 

A porcentagem da bateria está cheia o tempo todo

A função do ícone de bateria volta a ser compatível para alguns modelos específicos do iPhone. Lista abaixo:

  • iPhone 13 Pro Max
  • iPhone 13 Pro
  • iPhone 13
  • iPhone 12 Pro Max
  • iPhone 12 Pro
  • iPhone 12
  • iPhone 11 Pro Max
  • iPhone 11 Pro
  • iPhone XS Max
  • iPhone XS
  • iPhone X

Isso mesmo que você acabou de ler: a porcentagem de bateria não é compatível com os modelos iPhone 12 mini, iPhone 13 mini, iPhone 11 e iPhone XR.

Tudo bem, ainda estamos em uma versão beta do futuro iOS e as coisas podem mudar, mas é pouco provável que os modelos que ficaram de fora sejam compatíveis com a versão final do sistema operacional móvel, muito provavelmente por causa dos tamanhos de tela dos modelos mencionados.

Mas esse não é o principal problema do recurso de porcentagem de bateria no iPhone.

Os usuários que estão testando o recurso estão reclamando que o design da bateria mostra um status sempre cheio, mesmo que a autonomia esteja com 50% ou menos. Só há uma mudança estética no ícone quando a energia restante chega a uma porcentagem abaixo dos 20%.

Isso pode parecer uma grande bobagem para alguns usuários. Porém, a verdade é que a grande maioria daqueles que estão usando um iPhone não são obrigados a compreenderem as informações da mesma forma que nós, e muitos indicadores são efetivamente visuais. Logo, mostrar essa informação gráfica da forma correta é uma obrigação da Apple.

Quando a Apple lançou o sistema de porcentagem, decidiu fixar de forma permanente o ícone de bateria, sem diminuir a quantidade da mesma conforme a autonomia vai se reduzindo com o uso normal.

Na prática, alguns usuários estão se sentindo enganados, pois podem bater o olho de relance e entender que ela está sempre cheia. E não podemos culpar essas pessoas por isso.

 

 

 

Usuários se sentem enganados pela Apple

Uma grande quantidade de usuários reclamou da forma em como a Apple decidiu mostrar a informação de bateria combinando o ícone com a porcentagem de autonomia.

Deixar que o ícone mude apenas quando ela está em uma porcentagem mais baixa (na cor amarela) pode induzir o usuário ao erro, além de obrigar a muitos a ficar consultando a bateria na tela do dispositivo o tempo todo, o que é algo muito mais incômodo.

Alguns preferem o modo anterior de indicação de bateria, que era bem diferente da experiência de visualização de autonomia que oferece hoje os dispositivos Android.

A grande maioria dos telefones Android mostra os dados de bateria graficamente ao lado da porcentagem, o que facilita muito na visualização dessa informação. E se tem uma coisa que o iOS poderia copiar sem qualquer tipo de constrangimento é justamente isso.

Por outro lado, é realmente relativo esse “grande inconveniente” do novo design com a porcentagem de bateria no iOS. Entendo que os resultados podem variar de caso a caso.

E você? O que acha de tudo isso?


Compartilhe