O Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro vão rodar os apps do Google e WhatsApp? | TargetHD.net
TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia O Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro vão rodar os apps do Google e WhatsApp? | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Smartphones | O Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro vão rodar os apps do Google e WhatsApp?

O Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro vão rodar os apps do Google e WhatsApp?

Compartilhe

É a pergunta de US$ 1 milhão.

Com o bloqueio do Trump, a Hauwei não poderia mais trabalhar com o Google e vários outros parceiros comerciais norte-americanos. E para o grande público, a principal pergunta agora é: os apps do Google (YouTube, Gmail, Google Mapas, etc) ou o WhatsApp vão funcionar nos novos Huawei Mate 30 e Mate 30 Pro?

 

 

E a resposta é…

 

 

Sim.

Todos os apps do Google, os apps das principais redes sociais (WhatsApp, Telegram, Facebook e Twitter, todas são norte-americanas) e a imensa maioria dos aplicativos que funcionam hoje nos smartphones da Huawei vão funcionar nos novos Mate 30 e Mate 30 Pro. O problema é que esses apps não vão estar pré-instalados o smartphone, e você não vai poder utilizar a loja oficial de aplicativos do Google, a Play Store. Os apps também não estão disponíveis na loja de aplicativos da Huawei, a App Gallery (pelo menos nesse momento).

Os novos Mate 30 e Mate 30 Pro contam com uma versão de código aberto do Android, a AOSP, disponível para qualquer fabricante e fora da proibição de Donald Trump. Por outro lado, a versão não tem suporte direto do Google e nem os seus apps instalados de base.

 

 

Qual é a solução então?

 

 

Instalar todos esses aplicativos através de serviços de terceiros, via repositórios de arquivos .apk (arquivos de instalação de aplicativos). O processo é bem simples, mas é mais pesado do que apenas acessar a loja de aplicativos e fazer o download. Sem falar que é mais inseguro, pois perde a verificação de apps da Play Store.

A Huawei não falou como vai resolver o problema das atualizações dos aplicativos fora da Google Play. A App Gallery conta com um bom número de apps (mais de 11 mil) e um sistema de atualização similar ao da Google Play, mas vários apps de uso diário de muitos usuários (Gmail, Google Drive, Telegram, etc) não estão na loja da Huawei.

WhatsApp, Facebook, Twitter e Instagram estão na loja alternativa da Huawei, o que simplifica a instalação dos mesmos nos novos smarphones. Porém, leve em consideração que isso pode mudar no futuro, dada a volatilidade da administração Trump e as decisões políticas que ele pode tomar sobre o bloqueio, o que pode se traduzir em possível veto aos apps de origem norte-americana à loja da Huawei.

Já a Huawei confirmou que trabalha em uma solução do problema. E é claro que muitos podem entender que o cenário da empresa é nebuloso demais, e vai preferir apostar em outro dispositivo. Porém, a solução dos chineses passa por facilitar ao máximo os passos intermediários, aproximando da experiência do Android. Mas essas dúvidas só serão eliminadas em outubro ou novembro, que é quando a nova linha Mate 30 vai chegar ao mercado.

 

 

O que acontece com o seu smartphone Huawei atual?

 

 

Nada.

As mudanças em função do veto de Trump não se aplicam aos smartphones que já estão no mercado, que seguem funcionando normalmente e recebendo atualizações de segurança. A dúvida aqui está nas atualizações futuras dos modelos já disponíveis.

O acordo atual do Google com as empresas que usam o Android permite obter uma versão preliminar das futuras versões do sistema operacional antes do seu lançamento, para que os fabricantes desenvolvam as respectivas versões de suas capas de personalização antes da apresentação oficial do Android 10 ou da versão correspondente.

A falta de acordo entre Huawei e Google resulta, entre outras coisas, na não disponibilidade dessas versões. Conclusão: os dispositivos antigos podem seguir recebendo o Android, mas de forma mais lenta que os demais fabricantes.


Compartilhe