TargetHD.net | Notícias, Dicas e Reviews de Tecnologia
O conselho da Microsoft diante da morte do Internet Explorer | TargetHD.net Press "Enter" to skip to content
Wetten.com Brasil Apostas
Você está em | Home | Internet | O conselho da Microsoft diante da morte do Internet Explorer

O conselho da Microsoft diante da morte do Internet Explorer

Compartilhe

Agora é pra valer: o navegador web Internet Explorer já tem data definida para morrer, e foi a própria Microsoft quem confirma quando vamos nos despedir dele: 15 de junho de 2022.

Ou seja, muitas empresas que decidiram parar no tempo e no desenvolvimento de suas soluções informáticas contam a partir de agora com pouco mais de 30 dias para se adaptarem à nova realidade.

Chegou a hora do Internet Explorer morrer de uma vez por todas, e os usuários que ainda estão agarrados no passado serão obrigados a migrar para o Microsoft Edge.

Mas para isso acontecer de forma eficiente, a Microsoft deixa um conselho para esse grupo de usuários mais resistentes.

 

 

 

Conselho de amigo

São nada menos que 26 anos que o Internet Explorer permaneceu em nossas vidas, onde a sua última versão, o Internet Explorer 11, foi lançada em 2013. No final das contas, o navegador web pouco mudou, e talvez por isso recebeu tantas críticas ao longo do tempo.

Então, a Microsoft preparou o Edge, muito mais capaz e pensado na internet atual, já que conta com inúmeras características que hoje estão presentes no Google Chrome, software dominante no segmento.

Pois bem, é importante que você saiba que, a partir do dia 15 de junho de 2022, todos os usuários que tentarem executar o Internet Explorer serão automaticamente redirecionados para o Microsoft Edge em modo de compatibilidade.

Essa é a forma que a Microsoft encontrou para promover a migração desses usuários para o novo software de navegação web da forma mais orgânica e simples possível.

Por outro lado, a mesma gigante de Redmond compreende que muitos sites e plataformas confiáveis ainda funcionam perfeitamente com o Internet Explorer e, por conta disso (também), não estão totalmente adaptados para o Microsoft Edge.

Pensando nesse grupo de usuários e plataformas, a Microsoft se coloca à disposição para tornar a transição entre as plataformas a menos traumática possível. Porém, ela deixa claro que a mudança vai acontecer, e este é um caminho sem volta.

Pois bem, agora você está avisado: quando 15 de junho chegar, uma nova era vai começar entre os navegadores web da Microsoft, marcando o fim de uma era de dominância dentro dessa categoria de software, que só foi superada com a chegada do Google Chrome.

 

 

 

Não tenha medo de tentar o novo

Antes de terminar, sou eu que deixo um conselho para os usuários mais resistentes que ainda usam o Internet Explorer no computador: não tenha medo de tentar o novo.

O Microsoft Edge pode até não ser um substituto perfeito do Internet Explorer se você possui necessidades mais específicas, mas na prática o novo navegador é muito competente, a ponto de ter um modo de compatibilidade para o IE.

O Edge é mais leve, mais flexível, devidamente atualizado e compatível com os padrões atuais da web e medidas de segurança. É claro que ele ainda tem que evoluir em alguns aspectos, mas é um software que você deve considerar o uso a sério.

E para as plataformas que foram desenvolvidas com base no Internet Explorer, é melhor começar a correr, pois o tempo passa rápido e o tempo de vida útil do navegador web está chegando ao fim.


Compartilhe