O 5G vai dominar os temas de conectividade móvel em 2019. Vários fabricantes de smartphones já anunciaram que trabalham no desenvolvimento de dispositivos compatíveis com essas redes. Apesar de Samsung, OnePlus, Huawei e Xiaomi largarem na frente, a LG também prepara o seu smartphone com 5G para 2019. E isso pode ser decisivo para o seu futuro no mercado de telefonia.

O LG G8 não será o primeiro smartphone 5G da empresa, mas o primeiro modelo compatível com essas redes será um uma nova série, o que permite à LG posicionar o dispositivo de forma adequada, e não de forma condicionada na integração em uma linha que já existe.

Alguns roadmaps vazados sugerem que o primeiro smartphone 5G da LG pode chegar pelo menos um mês antes do previsto (maio de 2019 para Coreia do Sul e Estados Unidos). E a revolução do 5G pode ser a tábua de salvação da LG, que acumulou grandes perdas no segmento de smartphones.

Por outro lado, Hwang Jeong-Hwan, presidente da divisão de dispositivos móveis da LG, afirmou que a empresa é uma das três fabricantes prontas para lançar um smartphone 5G assim que essa tecnologia de redes começar a se disseminar.

Assim, a LG acredita que a entrada do mercado do 5G deve aumentar as vendas da empresa já no primeiro semestre de 2019. Para isso, a empresa está negociando com as operadoras de telefonia móvel da Coreia do Sul, Europa e Estados Unidos para que as mesmas ofereçam o seu smartphone compatível com essas redes desde o primeiro dia de operação do 5G nos respetivos mercados.

 

 

O grande ‘boom’ das redes 5G vai acontecer em 2020

 

 

As operações comerciais das redes 5G só devem ganhar força mesmo em 2020, e só então os usuários devem começar a pensar em trocar os seus smartphones. Os mercados emergentes devem registrar um aumento significativo nas vendas dos equipamentos em 2019 em função dessa nova fase.

Já nos envios globais, a previsão é que serão distribuídas 1.5 bilhão de smartphones 5G em 2020, e 1.7 bilhão de unidades em 2023.