NTFS vs FAT32 vs exFAT: qual é o melhor formato de armazenamento de arquivos?

Compartilhe

Quando falamos em formatos de discos rígidos, vamos encontrar de vários tipos em função do sistema operacional e da função que o disco em questão vai desenvolver. E no meio de tantos termos como NTFS, FAT32 e exFAT, é normal muita gente ficar perdido sobre as diferenças entre cada um deles.

Nesse post, vamos falar dessas diferenças e das limitações de cada formato.

 

 

NTFS: apenas para o Windows

O NTFS (New Technology File System) é um sistema de arquivos proprietário de sistemas Microsoft Windows. Sua principal vantagem é o limite de tamanho por arquivo, de 16 TB com volumes de até 264 TB. Tal formato não permite a gravação no Mac ou Linux.

Outra vantagem desse formato é a possibilidade de codificar arquivos e estabelecer permissões de acesso. Ele permite criar rotas e nomes de arquivos com até 260 caracteres (se bem que tal limite foi desabilitado depois das últimas atualizações do Windows 10).

Por outro lado, o NTFS possui múltiplas limitações nos sistemas baseados em Linux e macOS. O formato limita as funções de leitura de arquivos (a não ser que você utilize softwares de terceiros), e ao usar um pendrive ou cartão de memória em dois sistemas diferentes, o melhor é usar um formato baseado em FAT, uma vez que não podemos escrever informações de nenhum tipo.

 

 

FAT32: compatível com todos os sistemas, mas com limitações

É um dos formatos mais conhecidos no Windows, macOS e Linux. Ele permite a leitura e gravação em qualquer um dos sistemas mencionados previamente, sendo assim a solução ideal para usuários multiplataforma. Também é compatível com a maioria das TVs, consoles e sistemas operacionais móveis.

Infelizmente, o seu sistema de arquivos conta com limitações por causa do seu tempo de lançamento (1995). A sua principal limitação está no limite de arquivo de apenas 4 GB, com partições de até 8 TB.

Ou seja, um HD externo, pendrive ou cartão de memória com esse formato não vai suportar arquivos com grandes volumes de dados. O FAT32 é muito utilizado em Smart TVs e sistemas proprietários, uma vez que o NTFS conta com licença da Microsoft.

 

 

exFAT: o melhor formato para discos rígidos externos ou pendrives

É o sistema FAT com funções estendidas para melhores configurações no limite do tamanho por arquivo e compatibilidade. De fato, o limite por tamanho de partição e arquivo desaparece com essa nova versão, suportando até 16 milhões de terabytes.

Ele permite a leitura e a gravação de arquivos em qualquer sistema operacional atual, mas conta com algumas limitações em Smart TVs, reprodutores de DVD e Blu-ray e câmeras digitais “antigas”. Nos consoles (PlayStation 4 ou Xbox One), o exFAT funciona sem problemas. Também funciona perfeitamente no Android e outros sistemas operacionais baseados no Linux.


Compartilhe