A Apple apresentou oficialmente o novo MacBook Air (2018), que traz novidades interessantes e é ainda mais barato (dentro dos padrões de preços da Apple, é claro).

Vale lembrar que o MacBook Air completa 10 anos de vida em 2018, e acertou em várias coisas no meio do caminho, como aposentar os CDs nos notebooks e oferecer portátis cada vez mais finos.

Logo, era de se esperar algo potente dessa vez. O novo MacBook Air (2018) conta com Tela Retina, entregando assim uma densidade de pixels acima da média dos seus concorrentes. Sua tela de 13.3 polegadas (2560 x 1600 pixels) com 48% a mais de cores e quase o dobro da resolução do modelo anterior não compromete a autonomia de bateria, que pode alcançar até 12 horas de uso em navegação web, e até 13 horas de reprodução de vídeos.

 

 

O MacBook Air (2018) também traz como novidade o Touch ID, para identificação do usuário no computador, com a ajuda do sensor Apple T2 para reconhecer a digital do usuário para autenticação na internet.

Uma nova geração do teclado Butterfly foi apresentado, com um novo mecanismo que deve solucionar o problema da geração anterior, que acumulava sujeira e poeira. O teclado é retroiluminado, para quem precisa trabalhar em ambientes escuros.

 

 

O MacBook Air (2018) conta com um processador Intel Core i5 de oitava geração, trabalhando com gráficos Intel HD Graphics 6000, algo compreensível para um produto que precisava reduzir o seu preço. Logo, repense se o seu objetivo é executar aplicativos que exigem muito processamento gráfico. O notebook pode receber até 1.5 TB de armazenamento em SSD.

Uma novidade na parte de construção: o novo MacBook Air (2018) tem volume 17% menor em relação aos modelos anteriores. E faz isso sem eliminar tela ou especificações. 100% do alumínio presente no novo portátil é composto de material reciclado, em um corpo que pesa apenas 1.25 kg.

 

 

Disponível em três opções de cores (Silver, Space Gray e Rose Gold), o novo MacBook Air (2018) estará disponível lá fora a partir de 7 de novembro, com preço inicial sugerido de US$ 1.199. Não há previsão de lançamento para o Brasil por enquanto.