A Kaspersky Lab acaba de lançar uma nova edição de sua solução de cibersegurança na nuvem, o Kaspersky Endpoint Security Cloud, que atende empresas de pequeno e médio porte que desejam simplificar a gestão de segurança. Agora disponível em duas versões, o produto oferece funcionalidades básicas de cibersegurança na nuvem, além de funcionalidades estendidas como avaliação de vulnerabilidades, gerenciamento de correções e criptografia. Com o um novo modelo de licenciamento, que inclui dois dispositivos móveis gratuitos por licença, o Kaspersky Endpoint Security Cloud protege tanto os dados corporativos quanto a mobilidade dos profissionais.

Solução em duas versões para as diversas necessidades de negócios
Ao expandir suas operações, as empresas podem precisar de mais controle e de uma proteção escalável, junto com a flexibilidade e facilidade de gerenciamento da nuvem. Agora, elas podem escolher dentre as duas edições do Kaspersky Endpoint Security Cloud e, assim, adotar o nível de controle da proteção necessário e, ao mesmo tempo, tirar proveito de um produto de software como serviço rápido e escalável.

O Kaspersky Endpoint Security Cloud conta com o conjunto clássico de tecnologias de cibersegurança, como proteção de arquivos, web e de e-mail, firewall, bloqueador de ataques de rede, detecção de comportamento e prevenção de exploits. Juntamente com essas ameaças, o produto agora ajuda a evitar que programas maliciosos explorem vulnerabilidades em softwares obsoletos. Isso é feito pela funcionalidade de avaliação de vulnerabilidades, que examina os aplicativos instalados nos dispositivos corporativos e avisa os administradores de TI sobre as correções disponíveis.

 

Já o novo Kaspersky Endpoint Security Cloud Plus, inclui também controle web e de dispositivos, além do gerenciamento de correções e criptografia. A funcionalidade de gerenciamento de correções permite que os administradores automatizem a entrega de atualizações de aplicativos vulneráveis. O gerenciamento da criptografia reforça a proteção de dados corporativos sigilosos, garantindo que os dados armazenados em dispositivos de funcionários criptografados remotamente só possam ser acessados com as permissões corretas, mesmo que o dispositivo seja perdido ou roubado. Com a funcionalidade de criptografia as PMEs dão um primeiro passo para atender a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) quando esta entrar em vigor.

Em dois quintos (40%) das pequenas e médias empresas*, é comum os funcionários trabalharem remotamente e, muitas vezes, acessarem serviços e armazenarem dados de negócios em vários dispositivos. O Kaspersky Endpoint Security Cloud permite que as empresas tenham flexibilidade para respaldar essa tendência de mobilidade dos funcionários, oferecendo proteção para um computador ou um servidor de arquivos e dois dispositivos móveis com uma única licença. Isso significa que não é necessidade em comprar várias licenças e os funcionários podem trabalhar em vários dispositivos, que podem ser computadores Windows, Macs, smartphones ou tablets Android e iOS, enquanto a empresa garante que eles estejam sempre protegidos das ciberameaças.

Outro benéfico é a gestão simplificada, já que o Kaspersky Endpoint Security Cloud não exige muito tempo para a implementação e manutenção. Ao ser instalado, a proteção é iniciada imediatamente por meio dos perfis de segurança pré-configurados e que são aplicados automaticamente a qualquer dispositivo recém-conectado – isso economiza os valiosos recursos do administrador de TI. Caso seja necessário algum ajuste, os administradores podem criar perfis adicionais manualmente ou modificar os existentes. Além disso, toda a gestão é intuitiva e pode ser acessada por um navegador web.

Um novo recurso de gerenciamento de direitos de administrador permite que diferentes administradores possam ter acesso ao espaço de trabalho. Isso é conveniente para empresas que precisam que vários administradores de TI ou provedores de serviços gerenciados (MSPs) compartilhem o gerenciamento da segurança, utilizando uma única conta.

 

Via Kaspersky