A Toshiba vendeu em 2018 a sua divisão de PCs e notebooks por um preço ridículo: apenas US$ 31 milhões. Isso fez com que a empresa japonesa criasse uma nova marca de notebooks, a Dynabook, aproveitando o nome de uma das linhas de produtos da antiga divisão de computadores portáteis.

Agora, a marca Dynabook começa a ganhar a Europa, o que a torna automaticamente mais palpável para nós, brasileiros (desde que você esteja disposto a comprar o produto lá fora). Os primeiros modelos que desembarcaram no mercado do velho continente seguem o estilo que marcou a qualidade da Toshiba no passado, com os modelos Portégé X30-F e Tecra X40-F.

E isso é só o começo.

 

 

Por enquanto, sem sinais de identidade diferenciais

 

 

Os primeiros notebokos da Dynabook são voltados (por enquanto) para o mercado empresarial, e deixam isso bem claro com o design sóbrio e sem sinais de identidade diferenciais. Ou seja, modelos muito distantes das últimas propostas apresentadas pela Toshiba nesse segmento.

Um dos notebooks se caracteriza por contar com os processadores Intel Core de oitava geração (Whiskey Lake) – não há informações se esses ou outros modelos da marca vão receber os processadores de nona geração, apresentados a alguns meses -, conectividade WiFi 6, permitindo assim alcançar velocidades de até 10 Gbps para download e a integração de duas unidades Intel Optane para implementar o seu desempenho.

O Dynabook Portégé X30 de 13.3 polegadas e o Dynabook Tecra X40 de 14 polegadas contam com um chassi de magnésio e um novo sistema de refrigeração com o ventilador S-Type, que permite melhorar essa ventilação com um volume de ar 10% superior e, ainda assim, consegue ser mais silencioso que o normal. Além disso, os novos notebooks incluem uma BIOS de fabricação própria, e o chip de codificação TPM 2.0 está lá para proteger os conteúdos do usuário.

Os dois notebooks da Dynabook chegam ao mercado europeu em agosto de 2019, e seus preços não foram confirmados. Não há informações sobre o seu lançamento para o mercado brasileiro.

 

Via Toshiba