Compartilhe

A HMD Global anunciou oficialmente o Nokia 2.2, smartphone de entrada com tela generosa, design compacto e especificações contidas, para um uso básico. O conjunto vem com o Android One como sistema operacional, e quer conquistar quem busca o essencial em um telefone.

 

 

Android One e tela de grande tamanho

 

 

O Nokia 2.2 possui design com fabricação em plástico, mas com traseiras intercambiáveis através do método Xpress-On. O modelo possui botão dedicado para o Google Assistente, uma raridade em um telefone com preço tão comedido.

O dispositivo possui uma tela de LCD de 5.71 polegadas com curvatura 2.5D (HD+) e aproveitamento frontal de 79%. Seu brilho máximo é de 400 nits, o suficiente para visualizar os conteúdos sob a luz de sol forte. O Nokia 2.2 conta com um processador MediaTek Helio A22 a 2.0 GHz, trabalhando com uma GPU PowerVR GE 8320 e versões com 2 ou 3 GB de RAM e 16 ou 32 GB de armazenamento. Sua bateria possui 3.000 mAh.

 

 

Nas câmeras, ele também é bem modesto. O Nokia 2.2 se conforma com um sensor principal de 13 MP (f/2.2) e uma câmera frontal de 5 MP (f/2.2). No software, nos encontramos com o Android 9.0 Pie One Edition, do mesmo modo que contamos com tecnologia de reconhecimento facial, assim como a ajuda da inteligência artificial nara hora de registrar as nossas fotos.

 

 

Na parte de conectividade, não poderiam faltar o 4G, Dual SIM, conectividade Bluetooth 4.2 ou GPS+ GLONASS. Também conserva a porta microUSB, nada de USB Type-C aqui.

 

 

O Nokia 2.2 tem preço sugerido de 99 euros na sua versão mais econômica. Até o momento, não há previsão de lançamento ou preços para o Brasil. De qualquer forma, já se apresenta como uma interessante alternativa para quem precisa de um telefone que entregue um bom desempenho para as atividades mais básicas, com um Android limpo e com atualizações garantidas. Ou para quem quer um bom segundo telefone para situações eventuais.

 

 

Via Nokia


Compartilhe