Antes, você se levantava do sofá para mudar de canal na televisão. Agora, você usa o controle remoto. No futuro, nem isso: a Netflix criou um sistema para controlar a reprodução de vídeo com os olhos.

O recurso foi apresentado no Hack Day, evento que a Netflix realiza a cada dois anos. O novo recurso Eye Nav permite aos usuários controlar o aplicativo do serviço de streaming no iOS através de movimentos faciais.

Para isso, é preciso usar o Face ID da Apple via ARKit. Com ele, os usuários podem navegar através do aplicativo da Netflix, escolher um título de sua preferência e iniciar a reprodução. Se você quer pausar ou mudar de conteúdo, basta colocar a língua para fora para pausar. E isso, sem mover um dedo.

 

 

Um recurso em período de testes

 

 

Por enquanto, o Eye Nav não se aplica ao usuário final, pois ainda é um recurso em testes. Mas fica claro que a funcionalidade pode se transformar em uma realidade prática para os usuários dos dispositivos com iOS.

O Hack Day é o evento perfeito para testar funcionalidades como esta. Logo, pode ser que, depois de passar por uma fase de maior desenvolvimento e pesquisa, o recurso acabe se transformando em funções reais para o aplicativo.

O Eye Nav não seria útil apenas para os preguiçosos. Todos aqueles que teriam algum tipo de deficiência ou limitação motora poderia utilizar o aplicativo da Netflix com maior liberdade, e isso sempre é positivo.

O sistema foi criado por Ben Hands, John Fox e Steve Henderson, e eles acreditam que esta tecnologia pode se transformar em algo comum nos demais aplicativos disponíveis, e que esse seja um recurso de acessibilidade que se tornará comum no futuro.

O Hack Day também apresentou outra ferramenta interessante, a Jump to Shark. Ela permite saltar as cenas de ação de um determinado filme. Seu nome é uma homenagem à lendária saga Sharknado, que a Netflix utilizou para demonstrar o recurso.