Para quem quer entrar no mundo dos Bitcoins sem gastar dinheiro (de forma direta), podem tirar proveito do computador e placa gráfica que possuem. Mas é preciso investir um bom dinheiro para obter uma boa renda extra mensal.

A exigência computacional para gerar as moedas virtuais aumenta progressivamente, fazendo com que esse processamento utilize um hardware especializado, com elevado consumo de energia.

Mas sempre existem alternativas. Felizmente.

O NiceHash é um software que simplifica a mineração de moedas digitais no computador, tirando partido da CPU e GPU, mas pagando o dono do equipamento para isso.

O programa faz toda a configuração necessária para o processo, determinando o tipo de cálculo que melhor se adapta ao hardware, visando também a rentabilidade. E, mesmo que não gere Bitcoins (ele gera moedas como o Ethereum, Zcash, Monero, etc), o sistema paga os usuários em Bitcoins.

Um simulador mostra os potenciais ganhos em função do seu hardware. As CPUs podem gerar entre 1 e 2 euros de lucro por dia, e as GPUs podem render até 6 euros por dia. Já quem tem um hardware especializado (ASICs), os lucros podem alcançar quase 60 euros por dia.

Lembrando: máquinas especializadas podem custar até 4 mil euros.

De qualquer forma, para quem tem um hardware minimamente potente, vale a pena testar o NiceHash. Pode até ser que deixar o computador ligado o tempo todo justificará os ganhos financeiros a longo prazo.

 

Via NiceHash