Natural Cycles

O Natural Cycles era um aplicativo que prometia alta porcentagem de efetividade como método contraceptivo. Era. O resultado foi exatamente o contrário, com dezenas de mulheres processando os desenvolvedores.

Compatível com Android e iOS, o app exigia a contratação de um plano para contratar os dias de fertilidade feminina. O serviço conta com um termômetro que mostra se a mulher pode ou não ficar grávida, levando em conta as medições objetivas (temperatura, testes de ovulação, sobrevivência do esperma, etc).

O software seria usado por 600 mil mulheres em todo o mundo, mas na Suécia, país onde fica a sede do app, um processo coletivo envolveu 37 mulheres que ficaram grávidas com a ‘ajuda’ do aplicativo.

Todas fizeram uso do aplicativo, levando em conta a temperatura cotidiana e fazendo caso dos indicadores do aplicativo, que mostra os dias mas cores vermelho (onde você não pode ter sexo) e verde (sexo liberado). A empresa prometeu 93% de efetividade da plataforma.

A Natural Cycles se defende das acusações, argumentando que, quanto mais a base do serviço aumenta, maior será a quantidade de gravidez não desejada de usuário que não usam sua ferramenta, tal e como qualquer novo método contraceptivo novo.

O produto é enviado para todo o planeta, com raras exceções. Algumas mulheres afetadas pelo problema e mais desesperadas podem recorrer ao aborto assistido por um hospital em Estocolmo.

 

Via The Local